Home Destaque Rondonópolis não tem mais “risco muito alto” de COVID e pode flexibilizar...
fullinterna_2

Rondonópolis não tem mais “risco muito alto” de COVID e pode flexibilizar decreto


| Fonte: Da Redação NMT
Restrições no comércio, educação e até em templos religiosos podem ser revistas na cidade... Foto - SECOM

A pressão dos vereadores de Rondonópolis ao Governo do Estado, pra que a cidade deixasse de ter classificação de risco “muito alto” ao Coronavírus deu certo.

No boletim epidemiológico diário da Secretaria de Saúde de Mato Grosso divulgado nesta terça-feira (13), a cidade já desceu à categoria de risco “alto”, o que deve permitir flexibilizações.

A expectativa agora é até por um decreto municipal que libere comércios “não essenciais” de funcionar, bem como se estenda o toque de recolher além das 20 e até as igrejas possam receber fieis.

O prefeito Zé Carlos do Pátio (SD), todavia, ainda não se manifestou sobre o assunto e após a reunião do Comitê de Crise que analisa as políticas da pandemia sinalizou que pretende seguir os encaminhamentos do Governo do Estado.

Pressão

Nesta terça-feira (13), ainda antes da confirmação vinda de Cuiabá, por parte do Executivo Estadual, comerciantes “não essenciais” chegaram a bloquear a Dom Pedro II e foram até a frente da Prefeitura de Rondonópolis protestar por não poderem trabalhar.

Da parte do legislativo municipal também deve vir uma pressão muito forte pelo retorno das atividades, mantendo medidas de distanciamento, álcool em gel e máscara, por exemplo.

Alguns vereadores, inclusive, avaliam até encaminhar o debate pelo retorno das aulas presenciais na rede pública de educação, retornando a um patamar anterior a fase mais aguda e recente da COVID-19.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here