Home Editorias Rondonópolis Prefeito toma café da manhã com servidores da Coder e visita canteiro...
fullinterna_2


Prefeito toma café da manhã com servidores da Coder e visita canteiro de obras da futura sede

| Por


O Prefeito Zé Carlos do Pátio esteve nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (12) na sede da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (CODER), onde tomou café com os trabalhadores e falou aos mesmos elogiando-os e agradecendo-lhes pelo excelente trabalho desenvolvido e dedicado a população de Rondonópolis.

Em sua fala, o Prefeito relembrou 2016 quando ainda em campanha, assumiu um compromisso de salvar a empresa que se encontrava numa situação crítica administrativamente, sucateada e em quase situação de fechamento.

De lá para cá, em todas as suas duas gestões anteriores ele acreditou e fez de tudo para reerguer a empresa, modernizando seu parque de máquinas e veículos, modernizando sua gestão administrativa até chegar ao ponto em que está hoje: uma empresa moderna, sanada e com um parque de máquinas e equipamentos novos.

Todo esse esforço, segundo o prefeito, foi para garantir cidadania às mais de 500 famílias de Coderianos que integram a empresa de desenvolvimento de Rondonópolis.

Pátio anunciou para breve, mais investimentos na companhia na ordem de R$ 12 milhões para aquisição de mais máquinas e equipamentos para a Coder, adquirir, caminhões basculantes, pás-carregadeiras, retroescavadeiras, patrols; rolocompactador, etc.; ainda de acordo com o prefeito a empresa conta hoje com cerca de 140 máquinas, veículos e equipamentos todos novos.

VISITA AO CANTEIRO DE OBRAS

Após o café da manhã, o prefeito juntamente com o presidente da Coder, Argemiro Ferreira, se dirigiram até o Distrito Industrial Vetorasso, onde está sendo edificada a nova sede da empresa, que vai ocupar uma área de 75 mil m2.

No local, Argemiro apresentou ao prefeito o projeto arquitetônico da construção que vai demandar investimentos da ordem de mais R$ 11 milhões. O projeto será dividido em duas etapas. A primeira compreende a parte do setor industrial e contempla a instalação das três usinas: Usina Asfáltica (CBUQ) Concreto Betuminoso Usinado a Quente). A segunda será a Usina de Concretagem que vai tornar a empresa autossuficiente no que diz respeito a produção de materiais de concreto.

E a terceira será a Usina de Reciclagem de Resíduos Sólidos da construção civil. O custo dessa 1ª parte do projeto está estimado em cerca de R$ 7 Milhões.

Ainda nessa primeira etapa, serão construídos espaços para oficina mecânica, borracharia, parte elétrica, marcenaria, serralheria, oficina para pequenos veículos e motos, sala de máquinas, setor de obras; setor de engenharia e fiscal, estacionamentos diversos, além de vários acessos ao pátio, como guaritas nas entradas principais dos setores: administrativo e de serviço; este último inclusive, terá uma balança de pesagem e controle, entre outros.

ADMINISTRATIVO

A segunda etapa das obras, projetada para ser iniciada a partir de 2022, constitui na construção da estrutura administrativa. Nesse espaço serão construídas as dependências da administração, com salas para todos os departamentos da empresa; auditório para reuniões e eventos, refeitório, creche para os filhos das trabalhadoras, estacionamento para a diretoria e funcionários com reservas para PNEs; Estacionamento para motos; e quadra esportiva entre outros. Essa segunda etapa do projeto está estimada em cerca de R$ 4 Milhões, totalizando os R$ 11 milhões inicialmente previstos.

Como dito no início, esse será outro grande legado da administração José Carlos do Pátio, que acreditou, investiu, recuperou e impediu que a Coder fechasse as portas, demitindo mais de 500 trabalhadores. Hoje a empresa está praticamente sanada economicamente, administrativamente e segue firme rumo ao futuro, gerando emprego e renda aos trabalhadores sendo ainda motivo de orgulho para a população de Rondonópolis.

Prefeito falando aos servidores Coderianos…

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here