Home TJ MT Ribeirinho Cidadão já entregou mais de 480 cestas básicas e kits de...
fullinterna_1
fullinterna_2


Ribeirinho Cidadão já entregou mais de 480 cestas básicas e kits de higiene em 3 dias de trabalho

| Por


O Ribeirinho Cidadão, do Poder Judiciário de Mato Grosso e da Defensoria Pública de Mato Grosso, continua beneficiando centenas de famílias ribeirinhas do Pantanal Mato-grossense. Entre os dias 03 e 05 de maio de 2021, o projeto já passou por diversas comunidades, como Agrovila das Palmeiras, Pontal do Glória, Santa Elvira, São Lourenço e Baía São João, todas localizadas próximas ao município de Santo Antônio de Leverger.
 
Ao todo, mais de 480 cestas básicas, kits de higiene e roupas foram distribuídas. E uma das famílias beneficiadas foi a da pescadora Jussara Maria Damascena, moradora da comunidade Capoerinha.
 
“A situação ficou mais difícil na pandemia, porque uma das nossas fontes de renda é o peixe. E este ano a gente praticamente não teve peixe, por causa do rio, que não encheu. Por isso, essa doação veio em muito boa hora, porque as pessoas estão mais carentes do que antes”, relatou.
 
Jussara ressaltou ainda que o projeto já é bastante conhecido e esperado pelas comunidades da região.
 
“Conheço o ribeirinho há muito tempo. Todo ano quando eles vêm para nossa região, eu procuro participar. Já fui beneficiada e já levei pessoas para serem também. Gostaria de agradecer muito ao projeto e pedir pra que Deus abençoe grandemente a todas as pessoas envolvidas nele e que estão sempre ajudando a nossa comunidade”, disse Jussara.
 
Novo formato – Para conseguir manter o projeto durante a pandemia, o Ribeirinho Cidadão precisou se reinventar. Para isso, construiu um novo formato, substituindo a tradicional caravana formada por parceiros e voluntários, por uma equipe enxuta, além de reduzir o número de atendimentos e reforçar as medidas de biossegurança.
 
“A pergunta que as pessoas mais tem feito para gente é por que não estamos com a caravana completa, com todos os serviços que costumamos trazer. E eu fico feliz em ser questionado sobre isso, porque a gente vê a grandeza que se tornou o projeto Ribeirinho e a cobrança da população local pelos serviços que os parceiros costumam oferecer. Infelizmente a pandemia nos obrigou a deixar o projeto mais enxuto, mas o importante é que estamos conseguindo continuar ajudando as comunidades de alguma forma. Isso tudo vai passar em algum momento e certamente iremos voltar ao modelo originário com todos os nossos parceiros e serviços!”, explica o juiz coordenador do Ribeirinho Cidadão, Dr. José Antônio Bezerra Filho, também conhecido como Dr. Toni.
 
Para a prefeita de Santo Antônio de Leverger, Franciele Magalhães de Arruda, a vinda do projeto está sendo de grande valia.
 
“Eu já acompanho o projeto Ribeirinho Cidadão há 5 anos e ele é de grande valia, porque vai ao encontro da população carente, que precisa muito desse atendimento. Quero agradecer a toda a equipe do Tribunal de Justiça e da Defensoria Pública, especialmente ao Dr. Toni e todos os parceiros, que somaram forças para realizar esta ação em meio a tantas dificuldades”, observou a prefeita.
 
Mariana Vianna
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
 
 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here