Home Chicote Secretário de MT chama de “politicagem” ação feita em Rondonópolis por UTIs
fullinterna_2

Secretário de MT chama de “politicagem” ação feita em Rondonópolis por UTIs


| Fonte: Da Redação NMT com UnicaNews
Responsável pela saúde no Governo Mauro Mendes visivelmente se chateou com cobrança pública de vereadores, reforçada por parlamentares estaduais e federais da cidade.... Foto - Reprodução

Na tarde de ontem (10), a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde divulgou um vídeo onde o secretário da pasta, Gilberto Figueiredo, fala sobre a situação caótica do Hospital Regional, em Rondonópolis.

Dentre as explicações, Figueiredo manda um recado direto para os políticos, sobretudo os vereadores que estavam em vigília em frente à unidade hospitalar cobrando mais 20 leitos de UTI/COVID: “não levem esse assunto para politicagem”.

No fim da tarde da última sexta-feira (9), o secretário municipal de Saúde, Vinicius Amoroso, e os vereadores Reginaldo Santos (SD) e Marildes Ferreira (PSB) foram os primeiros a serem impedidos de acessar as instalações do Hospital Regional Irmã Elza Geovanella.

No local, segundo os mesmos, estava marcado um ato de inauguração das estruturas e, após saberem do “cancelamento”, decidiram manter uma vigília no local, que acabou sendo reforçada por outros representantes, para cobrar a abertura .

No fim da tarde de ontem (10), a pressão surtiu efeito e a direção do Hospital Regional informou que os 20 leitos passariam a receber pacientes a partir das 7 horas da manhã deste domingo (11).

Segundo Figueiredo, o que faltava era a empresa terceirizada e responsável pela unidade divulgar a escala profissional e garantir condições técnicas e profissionais de assumir a estrutura de alta complexidade.

“Nós temos responsabilidade do que fazemos, queremos fazer com segurança, para proteção e segurança dos pacientes. Nós queremos salvar vidas e por isso nós precisamos de equipes competentes e que atendam os requisitos estabelecidos nas portarias do Ministério da Saúde e também os requisitos estabelecidos no nosso edital de licitação”, finaliza o secretário.

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here