Home Chicote Comitê de Rondonópolis derruba “Lei Seca” e comércio abre até as 20
fullinterna_2

Comitê de Rondonópolis derruba “Lei Seca” e comércio abre até as 20


| Fonte: Da Redação NMT
Classe política agora se aporta nos novos leitos de UTI que a cidade vem garantindo pra convencer o Governo de Mato Grosso que a cidade não está mais no risco "muito alto" de contágio e então flexibilizar as restrições. Foto - GCom

Em reunião polêmica na manhã desta sexta-feira (9), o Comitê de Crise de Rondonópolis, que define os rumos das políticas e determinações legais da pandemia na cidade, decretou o fim da “lei seca” e passa, a partir de hoje (9), a estender o horário de funcionamento dos comércios até as 20 horas e não mais 19, seguindo os termos do decreto estadual.

A vereadora Marildes Ferreira (PSB), membro do comitê como representante do legislativo local, explicou ao NMT que o decidido foi, basicamente, que seguirá integralmente os termos do mais recente decreto estadual e não será renovado o texto do decreto municipal, onde constava a impossibilidade de comercialização de bebidas alcoólicas e seu consumo em estabelecimentos comerciais.

“Foi ruma reunião polêmica, com manifestação trazida pela ACIR, CDL, polícia, bares e restaurantes, dentre outras entidades. Como o prefeito não pode flexibilizar nada em virtude do decreto do governador, ele apenas retirou a Lei Seca – que termina hoje (9) a meia noite – e fica estabelecido o funcionamento dos comércios até as 20 horas, conforme decisão estadual”, pontuou.

Sobre o que é essencial ou não, relativo ao comércio e demais, a vereadora explicou que quem permaneça com a palavra final é o governador, porém, a classe política local se prepara para ir até Cuiabá mudar a classificação de Rondonópolis, sobretudo após a inauguração dos novos leitos de UTI, o que, em tese, pode ter a força de flexibilizar as restrições locais.

“Temos que mostrar ao governador que Rondonópolis não está mais no risco “muito alto”. Quando conseguirmos comprovar, o prefeito poderá modificar o decreto e permitir que todos voltem aos seus trabalhos. Estamos trabalhando arduamente nos documentos, temos os leitos semi-intensivos e os 10 novos leitos do Hospital Otaviano Muniz (UPA) e hoje (9), em inauguração às 19 horas, passamos a contar com mais 20 leitos no Regional… Com tudo isso, poderemos evoluir e sair da classificação que estamos, detalhou Marildes.

A Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Rondonópolis, a qual Marildes é membro, irá até Cuiabá, no início da próxima semana, para conversar com deputados estaduais e com o próprio  governador, Mauro Mendes (DEM), munida de documentos que provam que Rondonópolis já pode evoluir na classificação referência ao nível de contágio.

“Essa reclassificação deve sair na próxima terça-feira (13) e a partir de então será possível definir termos mais flexíveis e o retorno de atividades em nossa cidade”, finalizou Marildes.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here