Home Chicote Vereador líder do chamado G14 deve mesmo assumir secretaria
fullinterna_2

NO PARLAMENTO


Vereador líder do chamado G14 deve mesmo assumir secretaria

Ele nega que o convite para ocupar o cargo tenha relação com o movimento feito pelo G14

| Por Denilson Paredes

Um dos líderes do chamado G14, grupo formado por 14 vereadores rondonopolitanos em torno da proposta de antecipação da Mesa Diretora da Câmara, o emedebista Gerson Moreira, o Investigador Gerson, deverá mesmo assumir a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Setrat). Ele nega que o convite para ocupar o cargo tenha relação com o movimento feito pelo G14 e conta que ainda há amarrações que precisam serem feitas, mas já deixa antever que pretende assumir a secretaria.

“Nós tivemos esse convite tanto do prefeito quanto da nossa Executiva (do MDB), já estivemos reunidos com os nossos deputados em Cuiabá e os vereadores daqui e, tivemos todo o aval para assumir a Setrat”, contou o parlamentar.

Ele diz considerar a questão do trânsito o ponto mais problemático da atual administração municipal, sob José Carlos do Pátio (SD), e fala com entusiasmo da possibilidade de assumir a Setrat. “Estou avaliando. Ontem mesmo sentei com o prefeito, hoje já tive outra conversa com ele e estamos avançando, mas são questões que não dependem só de mim. Est ou conversando com minha base e disse ao prefeito que preciso de autonomia. Se for para ir para lá para ser só mais um secretário não adianta. Tenho que ter autonomia para fazer aquilo que precisa ser feito para que tenhamos um trânsito melhor e diminuir o número de acidentes na nossa cidade”, declarou Gerson.

Ele conta que outro assunto que ele precisaria resolver é com relação ao seu trabalho como investigador da Polícia Civil, que hoje ele acumula com o de vereador. “Seja na função de vereador ou lá como secretário, nós vamos estar contribuindo com o trânsito de Rondonópolis”, completou.

Com relação ao G14, ele diz que o grupo continuará unido e nega que a sua indicação para o cargo seja uma espécie de “cala boca” da parte do Executivo, e que se vier a assumir a Setrat, será por conta da sua capacidade.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here