Home Editorias Agricultura Produtores assistidos por ATeG aprovam curso de Gestão de Negócios
fullinterna_2


Produtores assistidos por ATeG aprovam curso de Gestão de Negócios

| Por


Dez propriedades atendidas pelos programas de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) e FIP Paisagens Rurais integraram o primeiro treinamento “Gestão de Negócios/ATeG”, oferecido pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES. Com oito horas de aulas teóricas e duas horas de consultoria, o programa especial ajuda no planejamento das ações na propriedade, em todas as cadeias. A primeira edição ocorreu na modalidade de Aulas Virtuais ao Vivo (AVV) e teve a aprovação dos participantes.

“Elaboramos um plano de negócios para os próximos cinco anos. Por meio de uma planilha eletrônica, o produtor traça as suas metas de produtividade e lucratividade e, com isso, consegue visualizar numericamente os seus objetivos. No final, todos terminam satisfeitos ao verificar que o trabalho é viável.” – Walmes Mendonça, instrutor do treinamento

Produtores assistidos por ATeG aprovam curso de Gestão de Negócios - SENAR MINAS
Curso incentivou o produtor Leandro a investir em nova atividade

“O curso foi excelente para os produtores que eu acompanho. Eu tinha alguns que estavam a passos lentos e agora já estão querendo investir. O conteúdo nos auxilia a fazer a assistência técnica e gerencial do produtor.” – Tarcísio Tomás Cabral de Sousa, técnico de campo

“Foi muito bom! Fez a gente pensar para a frente e se planejar para os negócios futuros para não ter prejuízo.” – Marcos Alexandre Silva Araújo, produtor de leite em Campina Verde, assistido pelo ATeG há um ano.

Mudança de atividade

O curso proporcionou grandes mudanças para o produtor Leandro Éder de Freitas, qur tem uma propriedade no Projeto de Assentamento Nova Rio da Prata, em Campina Verde. As aulas o incentivaram a voltar a investir na produção de leite já que, como pecuarista de corte, ele não atingia uma rentabilidade satisfatória. Ele conta que tinha receio de mudar de atividade, mas que o curso o ajudou a tomar a decisão.

“Fizemos um planejamento e percebemos a viabilidade. Já fui produtor de leite no passado e agora estou retornando para o que eu gosto de fazer. É a minha paixão. Já adquiri dois animais e estou estruturando a área. Fizemos a implantação de pastagem de capiaçu para alimentação dos animais confinados. Por enquanto, ainda estou nas duas atividades, mas estou finalizando o trabalho na pecuária de corte para ficar só com a produção leiteira. Posteriormente, a intenção é expandir”.

Fonte: CNA Brasil

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here