Home Editorias Agricultura Let’s learn with Senar English Farm?
fullinterna_2


Let’s learn with Senar English Farm?

| Por


Brasília (11/05/2021) – Palavras como blockchain, e-commerce, startup, trading e funding, entre outras, têm sido cada vez mais utilizadas no campo e aos poucos fazem parte do cotidiano de alguns produtores. Mas será que todos no meio rural sabem o significado desses termos? Se a resposta for não, que tal aprender? Em inglês: Let’s learn English with Senar English Farm?

Essa foi a frase utilizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) de Goiás para convidar os produtores rurais do estado a participarem do curso Senar English Farm, uma capacitação inédita em inglês voltada especificamente para o agronegócio.

A ideia surgiu como uma premiação do programa Faeg Jovem. Devido à repercussão positiva, foi ampliada para produtores, sindicatos rurais e o público geral. O interesse foi tanto que, em sete dias, mais de cinco mil pessoas estavam inscritas. Desse total, 700 alunos foram selecionados e separados em três turmas.

Segundo o superintendente do Senar Goiás, Dirceu Borges, além de aprender um idioma falado universalmente, os alunos têm aulas sobre terminologias voltadas para o agro, que poderão ser aplicadas no dia a dia das fazendas e empresas.

“Grande parte dos maquinários, implementos e rótulos de defensivos utilizados no agro são em inglês. Além disso, a língua vai ajudar nas negociações. Hoje, grande parte dos nossos produtos são exportados para a China, Estados Unidos e outros países da Europa. Falando inglês, o produtor poderá tratar diretamente com esses compradores”, disse Borges.

Dirceu Borges

O curso é gratuito e tem duração de um ano e meio, dividido em três módulos semestrais (básico, médio e avançado). As aulas acontecem no formato online, com atividades interativas, vídeos, entrevistas, jogos e podcast. Ao final, os alunos que concluírem a programação receberão uma certificação de 160 horas.

David e Carlos – Os tópicos foram elaborados com a colaboração da engenheira agrônoma e professora de inglês Verônica Barbosa Junqueira. Conforme ela, os conteúdos são trabalhados a partir de dois personagens criados para o curso: David e Carlos. Entre os assuntos abordados pela dupla estão: agricultura de precisão, novas tecnologias, sucessão familiar e unidades de medida dos países, além de particularidades e curiosidades da agricultura e pecuária.

“O contexto atual do agro, a globalização, as exportações e a necessidade de fazer viagens e reuniões com pessoas que estão fora trazem uma necessidade muito maior para esse setor. Hoje, saber falar inglês não é mais um diferencial para o profissional do agro, é um pré-requisito”, afirmou.

A coordenadora do Faeg Jovem no município de Trindade (GO), Nathália Vieira dos Santos, 23 anos, é uma das alunas do Senar English Farm. Filha de produtores rurais e estudante de Medicina Veterinária, ela acredita que é preciso mudar a antiga imagem de que “todas as pessoas que moravam no campo eram desinformadas e matutas”.

“Hoje, em meio a tantas tecnologias, o produtor rural precisa se capacitar cada vez mais para o crescimento do setor. Acredito que uma capacitação em inglês proporciona melhores oportunidades pessoais e profissionais, além de ser uma necessidade para quem pensa em sucessão familiar”, declarou.

Nathália Vieira dos Santos

Escute o podcast sobre o Senar English Farm.

Assessoria de Comunicação CNA
Fotos: Assessoria de Comunicação Senar Goiás
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here