Home Editorias Política Comissão de Segurança da ALMT apresenta moção de aplausos à Polícia Civil...
fullinterna_3
fullinterna_2


Comissão de Segurança da ALMT apresenta moção de aplausos à Polícia Civil do RJ

| Por


Deputados que integram a Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso parabenizaram a Polícia Civil do Rio de Janeiro pela operação realizada no morro do Jacarezinho, na semana passada, que terminou com a morte de 28 pessoas, incluindo suspeitos de envolvimento com tráfico de drogas e um policial civil.

Durante reunião ordinária realizada nesta terça-feira (11), os parlamentares anunciaram que irão apresentar uma moção de aplausos, em nome da comissão, aos policiais que participaram da operação.

O deputado Delegado Claudinei (PSL) afirmou que a operação foi realizada após 10 meses de investigações e que a polícia foi até o local para cumprir mandados de prisão contra criminosos que dominavam a comunidade do Jacarezinho e criticou a cobertura feita pela imprensa sobre o assunto.

“A grande mídia do Brasil vem querendo desmoralizar o trabalho da Polícia Civil, colocando a população contra a Polícia Civil do Rio de Janeiro, falando que foi uma chacina, considerando criminosos armados com fuzis e granadas como vítimas. Vítima foi o policial civil que foi morto, porque se aqueles marginais não tivessem atirado contra a polícia essas mortes não teriam acontecido. Não houve chacina, houve legítima defesa da polícia”, declarou.

O parlamentar destacou ainda relato feito pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, de que todos os mortos possuíam fichas criminais por crimes como porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, associação ao tráfico e organização criminosa. 

O deputado Dr. João (MDB) e o presidente da comissão, deputado João Batista do Sindspen (Pros), reforçaram a declaração feita por Claudinei. João Batista ressaltou ainda que a operação foi realizada após o recebimento de denúncias de que traficantes locais estariam aliciando crianças e adolescentes para a prática de ações criminosas. 

O deputado Elizeu Nascimento (PSL) também declarou solidariedade aos policiais civis do Rio de Janeiro e afirmou que há “uma inversão de valores que faz com que os policiais trabalhem desmotivados”. “Eu creio que foi feito o que deveria ser feito. Foi dada a resposta a um grupo criminoso que recebeu a polícia a bala, com tiros de fuzis […]. A equipe da polícia que chega no enfrentamento contra o crime e é recebido a rajada de metralhadora vai ter que levar um buquê de flores para marginal? Ora, ela tem que revidar pela legítima defesa. E além disso nós perdemos um policial pai de família, que cuidava de uma mãe acamada”, disse.

Em seguida, o parlamentar convidou os membros da comissão para participarem, nesta quarta-feira (12), da entrega ao Batalhão da Rotam de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) que foram adquiridos com recursos de emendas parlamentares, totalizando aproximadamente R$ 500 mil.

Visitas técnicas – João Batista informou que o relatório elaborado após as visitas técnicas realizadas pela comissão a unidades da segurança pública, no ano passado, está sendo utilizado para guiar os trabalhos neste ano e disse que dará prosseguimento às visitas.

Maus-tratos a animais – Vice-presidente da comissão, o deputado Ulysses Moraes (PSL) anunciou que irá lançar, ainda nesta terça-feira, um disque-denúncia para que a população possa fazer denúncias de maus-tratos contra animais. “Nós, enquanto membros da Comissão de Segurança Pública, temos que ter um olhar mais sensível a essa causa e ajudar da melhor forma possível”, frisou.

Projetos de lei – Foram aprovados pareceres favoráveis aos projetos de lei 69/2021, 163/2021 e 681/2020.

Fonte: ALMT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here