Home Editorias Brasil Bolsonaro diz que Dorner fazia lobby contra ponte: “Ganhava R$ 100 mil...
fullinterna_3
fullinterna_2


Bolsonaro diz que Dorner fazia lobby contra ponte: “Ganhava R$ 100 mil por dia”

| Por Da Redação NMT com RepórterMT
Sem citar o nome do prefeito, presidente atacou empresários que explorava serviço de balsa que acabou com ponte inaugurada na BR 364. Dorner é o dono da empresa que realizava o transporte... Foto - Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comentou em live nas redes sociais, no último fim de semana, que os proprietários de balsas que faziam a travessia no Rio Madeira, na BR-364, divisa de Rondônia e Acre, vinham fazendo “lobby” para impedir a conclusão da ponte de 1,5 km de extensão.

A empresa responsável pela travessia era a Amazônia Navegações, de propriedade do prefeito de Sinop, Roberto Dorner (Republicanos). Bolsonaro inaugurou a ponte na última sexta-feira (7). O presidente fez um cálculo rápido, no qual chegou a conclusão de que Dorner faturava diariamente cerca de R$ 100 mil.

“A conclusão da ponte estava parada há mais de 10 anos, porque tinha o comércio das balsas”, disse o presidente. Ele ainda citou dados que encontrou na internet. A empresa cobrava R$ 20 para carros de passeio, R$ 70 para ônibus e R$ 149 para carretas. A média de preço, segundo Bolsonaro, seria de R$ 50.

“Dois mil veículos vezes R$ 50, R$ 100 mil por dia. Olha o poder de lobby desses caras, não vou dizer o que fizeram para não sair a ponte”, completou.

O prefeito de Sinop, Robeto Dorner, até o momento, não quis comentar as declarações.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here