Home Esportes Vasco vence o Madureira e se classifica para a final da Taça...
fullinterna_1
fullinterna_2


Vasco vence o Madureira e se classifica para a final da Taça Rio

| Por


O Vasco da Gama venceu o Madureira por 2 a 1 pelo segundo jogo da semifinal da Taça Rio. Os gols vascaínos foram marcados por Marquinhos Gabriel e Germán Cano. Com esse resultado a equipe comandada pelo técnico Marcelo Cabo, garantiu classificação para a final da competição. O Gigante da Colina aguarda seu adversário para a decisão, que sairá do confronto entre Nova Iguaçu e Botafogo.

Germán Cano comemora seu 30º gol com a camisa vascaína (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O JOGO

O Vasco começou a partida administrando as ações e buscando incomodar a defesa adversária. A primeira investida vascaína veio aos 3 minutos, Leandro Castan achou um belíssimo lançamento para Germán Cano. O atacante argentino ajeitou de peito para Morato que vinha de trás, o camisa 10 chegou batendo de primeira e mandou com perigo por cima da meta. Aos 7, Andrey lançou para Léo Matos com liberdade pela direita, o lateral vascaíno chegou cruzando. O goleiro adversário cortou mal o cruzamento e a bola chegou em Morato, o camisa 10 chegou batendo de primeira e mandou por cima do gol.

Aos 18, Marquinhos Gabriel invadiu a área pela direita, tabelou com Morato que devolveu com um belíssimo passe de letra. O camisa 31 dominou no meio da zaga, cortou um adversário e arriscou a finalização, a bola acabou explodindo na zaga e se perdendo pela lateral. Aos 28, Zeca avançou pela esquerda, cortou o marcador e cruzou a bola na cabeça de Léo Matos. O lateral vascaíno cabeceou firme na direção da pequena área e Marquinhos Gabriel completou de cabeça para o fundo do gol: VASCO 1 a 0. Após o gol, o Gigante da Colina seguiu administrando a partida até que aos 41 minutos, no primeiro ataque do adversário o camisa 10 Humberto de cabeça, empatou a partida: 1 a 1.

O Vasco retornou para a segunda etapa com a mesma postura ofensiva apresentada no primeiro tempo. Aos 3 minutos, Miranda lançou para Germán Cano que entrava por trás da zaga. O atacante argentino subiu livre de marcação e cabeceou em cima do goleiro adversário. Aos 5, Morato avançou pelo meio, tabelou com Germán Cano e bem posicionado na entrada da área chutou firme, por pouco o camisa 10 não ampliou.

Aos 10, Léo Matos achou belo passe para Andrey posicionado na entrada da área. O camisa 6 tirou a marcação com um belo giro e acabou finalizando por cima da meta, quase um golaço na Colina Histórica. Aos 12, Andrey achou outro lançamento por trás da zaga para Germán Cano. O artilheiro livre de marcação, dominou e finalizou com perfeição para ampliar. Porém a arbitragem anulou o gol, alegando impedimento. Aos 17, Morato invadiu a área pela direita, cortou dois adversários e rolou atrás para Marquinhos Gabriel. O camisa 31 finalizou de primeira, a bola passou pelo goleiro e o zagueiro adversário cortou em cima da linha.

Aos 22, Zeca recuperou a bola na entrada da área, cortou para o meio e tocou para Andrey. O volante vacsapino dominou e arriscou a finalização de longa distância, por pouco não ampliou o placar. Aos 24, Léo Matos levantou a bola para área e Gabriel Pec tocou de primeira para Marquinhos Gabriel livre. O camisa 31 de cara pro gol, encheu o pé e a bola explodiu no travessão. Aos 29, Figueiredo encarou a marcação pela esquerda e cruzou rasteiro para a entrada da área. Marquinhos Gabriel chegou batendo de primeira e por pouco não fez seu segundo gol.

Aos 32 minutos, Léo Matos avançou pela direita e cruzou forte para a entrada da área. O goleiro adversário foi na direção da bola e soltou no pé de Germán Cano, o artilheiro vascaíno com o gol aberto só teve o trabalho de estufar as redes: VASCO 2 a 1. Aos 43, Zeca cobrou falta pela esquerda, mandou direto para o gol e por pouco não ampliou o placar.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here