Home Política Nacional Deputados debatem perspectivas da economia criativa nesta sexta-feira
fullinterna_2


Deputados debatem perspectivas da economia criativa nesta sexta-feira

| Por


Tchélo Figueiredo/Governo do Mato Grosso
Instrumentos e outros objetos de artesanato em loja
Artesanato é um dos setores da economia criativa

A Frente Parlamentar Mista da Economia Criativa discute nesta sexta-feira (7) as perspectivas do setor. A expositora será a professora Cláudia Leitão, da Universidade Estadual do Ceará (UECE), ex-secretária de Economia Criativa do Ministério da Cultura e sócia da empresa Tempo de Hermes Projetos Criativos.

Na reunião, a frente fará também um balanço das atividades e a avaliação de propostas para o período 2021-2022. O grupo foi criado em 2019 e é formado por 208 deputados e 18 senadores. O balanço será apresentado pelo deputado Marcelo Calero (Cidadania-RJ), que transfere a coordenação para a deputada Lídice da Mata (PSB-BA).

A reunião acontece das 9h30 às 11h30, com transmissão ao vivo pelo canal da Câmara dos Deputados no YouTube. A participação é aberta a representantes de entidades e instituições relacionadas à economia criativa.

Economia criativa
A economia criativa está relacionada a atividades, produtos ou serviços desenvolvidos a partir do conhecimento, criatividade ou capital intelectual de indivíduos. Aí estão incluídos segmentos como os de arte e cultura, artesanato, moda, tecnologia da informação, gastronomia, arquitetura, publicidade e mercado editorial.

Com a crise provocada pela pandemia de Covid-19, o setor perdeu 458 mil postos de trabalho na comparação entre o último trimestre de 2020 e o mesmo período de 2019, segundo dados do Observatório Itaú Cultural citados pela frente. O levantamento mostra que eram 7,1 milhão de pessoas trabalhando no setor e esse número caiu para 6,6 milhões – uma retração de 6,4% nos empregos, principalmente na área cultural.

Da Redação – CL

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here