Home Editorias Rondonópolis Saúde recebe mais doses da vacina e amplia imunização na cidade
fullinterna_2

Saúde recebe mais doses da vacina e amplia imunização na cidade


| Fonte:


A Prefeitura de Rondonópolis recebe nesta terça-feira (4) mais 7.870 doses da vacina Astrazeneca e com isso vai ampliar a campanha de vacinação contra o coronavírus. A partir de quarta-feira (5) começam também a ser imunizadas as gestantes e mulheres no pós-parto com comorbidades e com mais de 18 anos com a primeira dose.

Também a partir desta quarta-feira, passam a poder tomar a primeira dose da vacina, as pessoas com mais de 57 anos e que tenham alguma das comorbidades constantes na lista definida pelo Ministério da Saúde.

Nesta semana continuam sendo vacinados os imunossuprimidos independente da idade. A vacinação acontece no Serviço de Atendimento Especializado (SAE) que já conta com essas pessoas cadastradas. No Centro de Nefrologia e em clínicas de hemodiálise a vacinação também está em andamento nesta semana. Nestes locais, são vacinados os pacientes renais crônicos que estão em tratamento, independente da idade. Na Apae, segue a imunização das pessoas com Síndrome de Down.

Locais de vacinação

As gestantes e mulheres no pós-parto com comorbidades serão vacinadas no Centro Cultural José Sobrinho. O atendimento acontece das 8h às 11h e das 13h às 16h a partir de quarta-feira.

Pessoas com 57 anos e com comorbidades devem procurar os seguintes pontos de vacinação das 8h às 11h e das 13h às 16h: Posto de Saúde da Família (PSF) do bairro Pedra 90 e a Escola Estadual Pindorama. Pelo sistema drive thru, a vacinação acontece no Estádio Municipal Luthero Lopes das 8h às 16h.

Coronavac para a segunda dose

A Secretaria Municipal de Saúde informa que recebe nesta terça-feira (4), 300 doses da vacina Coronavac. Como a quantidade de doses é pequena para atender a totalidade de idosos que devem tomar a segunda dose, a equipe técnica da Saúde irá definir como será feita a administração das segundas doses aos idosos.

Também devem ser imunizados com a vacina Coronavac, trabalhadores da saúde que aguardam a segunda dose.

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica do Município, Cibelly Carvalho, explica que conforme o município receba as doses da vacina Coronavac os idosos serão convocados para a administração da segunda dose. Ela tranquiliza esse público e ressalta que mesmo que a segunda dose seja aplicada após o prazo estabelecido pelo fabricante da vacina não haverá prejuízos na imunização. Isso porque o sistema imunológico tem uma “memória” e funciona por meio de estímulo de um antígeno (vacina) e quando a segunda dose for aplicada, mesmo que depois do prazo definido pelo fabricante da vacina, os anticorpos serão normalmente produzidos e por isso, não há prejuízos quanto à imunização.

O problema, conforme explica, é que enquanto a pessoa não toma as duas doses da vacina ela continua vulnerável, podendo se infectar e adoecer pela Covid-19. Assim, as pessoas que tomaram somente a primeira dose ainda não estão imunes e precisam continuar adotando todas as medidas de proteção para que não se contaminem.

Em Rondonópolis, aproximadamente 4.250 pessoas aguardam a segunda dose da vacina Coronavac.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here