Home Destaque Menina de dois anos morre esmagada por quase 1 tonelada de adubo...
fullinterna_2

Menina de dois anos morre esmagada por quase 1 tonelada de adubo em MT


| Fonte: Da Redação com UnicaNews
Um bag, estrutura capaz de armazenar grande volume, caiu em cima da criança e do irmão de sete anos. A mãe socorreu ambos, mas só conseguiu salvar o filho mais velho... Foto - Reprodução

Ana Clara da Silva Cordeiro, de apenas 2 anos, morreu após ser sufocada por um saco de adubo (bag) de quase 1 tonelada que caiu em cima dela durante uma brincadeira com o irmão, de 7 anos, que também foi soterrado, na fazenda Eldorado, na zona rural de Juara (694,3 km de Cuiabá).

A mãe ouviu o barulho e correu para socorrer as crianças usando uma enxada, mas a pequena já estava sem vida. De acordo com as informações da Polícia Civil, o caso ocorreu por volta das 10h40 de ontem (29). A mãe estava limpando a casa e as crianças estavam brincando no quintal, perto da pilha de bags de adubo.

Em determinado momento, a mão ouviu um barulho vindo da área e ao verificar flagrou o acidente. Segundo ela, uma ‘bag’ de adubo, com cerca de 1 tonelada, caiu em cima das duas crianças, sendo que ela viu as pernas do filho de 7 anos, mas que não conseguia ver a filha menor.

Na tentativa de salvar as crianças, pegou uma faca e uma enxada e começou a retirar o adubo, conseguindo liberar o filho, mas em seguida, encontrou a filha imóvel. Ela realizou reanimação, mas sem sucesso.

Ao perceber que a Ana Clara não respirava, a mãe pegou a filha nos braços e foi até um curral que fica 2 km da casa, onde o marido estava trabalhando, pedir ajuda. A criança, contudo, já estava sem sinais vitais. A Polícia Civil foi acionada para o caso e foi até de avião para averiguar a situação.

Os policiais perceberam que o corpo da menina não tinha lesões corporais. Eles trouxeram o corpo da pequena vítima para exames de necropsia e registraram o caso como morte sem indícios de crime. O médico legista, José Braga Neto, disse à imprensa local que a criança teve rompimento de baço e fígado, com sangramento interno e asfixia.

O corpo foi velado na capela mortuária da funerária Cristo Rei e o sepultamento foi hoje (30) pela manhã, no cemitério municipal.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here