Home Editorias Mato Grosso COVID-19: Deputado propõe que Estado subsidie tratamento de agentes de segurança pública
fullinterna_2

COVID-19: Deputado propõe que Estado subsidie tratamento de agentes de segurança pública


Parlamentar entende que as Secretarias de Saúde e Segurança Pública deveriam acompanhar de perto casos mais graves, inclusive oferecendo assistência financeira.
| Fonte: da Redação NMT com Assessoria de Comunicação
Foto Ilustrativa: Reprodução

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL), durante a 1° reunião extraordinária da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, na última terça-feira (20), informou sobre o encaminhamento de ofício à Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp) que aponta a necessidade no fornecimento de auxílio para a compra de medicamentos aos profissionais da segurança pública contaminados pela Covid-19, principalmente por serem linha de frente, sem interrupção na prestação de serviço à sociedade, desde o início da pandemia.

Segundo o parlamentar, ele tem recebido com frequência pedidos de servidores ou familiares que precisam de ajuda com medicações e outras necessidades relacionadas ao tratamento da doença.

Aqueles que estão em tratamento ou recuperação pós-Covid pedem socorro! Não ficam só atrás de leitos de UTIs. As famílias de agentes ficam desesperadas, pois tem momentos que precisam de remédios para atender seus entes na UTI. É preciso que a Sesp e SES (Secretaria de Saúde) fiquem mais próximas, nos casos mais graves, oferecendo assistência financeira para aquisição de medicamentos”, declara Claudinei que é membro titular da Comissão de Segurança.

Claudinei destacou que a Sesp já deu retorno ao seu ofício, porém não há informações sobre o fornecimento do auxílio de medicação aos integrantes das forças de segurança, apenas sobre as iniciativas tomadas para manter a integridade física dos servidores ativos neste período da pandemia.

O auxílio saúde é um tema importante, sobre a viabilização para as forças de segurança, pois já vimos exemplos de outros estados brasileiros, governos estaduais que têm ajudado de forma financeira os profissionais da segurança pública que estão se contaminando com a Covid-19 e muitos não tem condições, como a questão de internação, entre outras necessidades para o tratamento da doença”, reforça Claudinei.

Ele acrescenta que o governo estadual poderia buscar uma forma de adquirir de forma mais rápida e econômica os remédios precisos, pois alguns têm custo elevado.

De acordo com o deputado Dr. João, membro titular da Comissão de Segurança, existe uma medicação especial que, infelizmente, hoje está seis vezes mais cara do que era antes. “Bem caro este remédio. Existem profissionais da saúde que, também, são linha de frente, que conseguiram alguma coisa, financeiramente, nada mais justo para o pessoal da segurança”, posiciona o parlamentar.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here