Home Destaque Polícia prende homem de MT suspeito de matar duas esposas
fullinterna_3
fullinterna_2


Polícia prende homem de MT suspeito de matar duas esposas

| Por Da Redação NMT com informações Única News
Na delegacia, suspeito assumiu o crime e deu detalhes de como matou as companheiras... Foto - Reprodução

Policiais civis de Sinop prenderam nesta sexta-feira (16.04), um homem de 54 anos investigado por dois feminicídios cometidos nas cidades de Água Boa e na própria Sinop. Um dos crimes ocorreu no início deste ano e o outro em 2017.

A prisão foi efetuada pela equipe de Delegacia de Defesa da Mulher, Criança, Adolescente e Idoso (DEDMCAI), com apoio da DERF de Sinop. O investigado, F.L.F., foi localizado no município de Sorriso e depois conduzido à unidade policial em Sinop, onde foram formalizados os mandados judiciais de prisão decretados pelas Comarcas das cidades onde ele cometeu os dois crimes.

Feminicídios

O crime mais recente cometido pelo suspeito ocorreu em janeiro deste ano, em Sinop, onde ele estava morando com a vítima, Arlete Cardoso da Silva, 30 anos, em uma chácara na Comunidade Sílvia, zona rural do município.

No dia 15 de janeiro, vizinhos de Arlete acionaram a Polícia Militar informando que havia um cheiro muito forte saindo da residência do casal. Quando os policiais chegaram ao local encontraram o corpo da vítima já em avançado estado de decomposição, na lateral da cama do quarto do casal.

Diante do desaparecimento inesperado de F.L.F, ele passou a ser investigado como o principal suspeito de ter cometido o crime. Durante as investigações, a equipe policial conseguiu comprovar que ele utilizava documentos falsos, pertencentes a seu irmão mais novo.

O documento usado havia sido adulterado pelo próprio suspeito, que retirou a fotografia do irmão e colocou a sua. A partir da verdadeira identificação do possível autor do crime, a Polícia Civil constatou que ele havia cometido outro feminicídio na cidade de Água Boa, na região leste do estado, em 2017, e se encontrava foragido desde então.

A vítima, Maurinha da Silva, que à época do crime tinha 34 anos, morreu após ser atingida com golpes de faca. A Polícia Civil de Água Boa foi comunicada pelo Hospital Regional de que uma mulher havia dado entrada na unidade com ferimentos causados por objeto cortante e que o convivente seria o suspeito do crime.

Um vizinho da vítima informou à polícia que estava em sua casa, quando ouviu gritos vindos da casa de Maurinha e ao abrir a porta para ver o que estava acontecendo, se deparou com a vítima já esfaqueada e o suspeito fugindo de bicicleta.

Pedido de prisão

Por se tratar de um suspeito de alta periculosidade, a Delegacia da Mulher de Sinop representou pela prisão temporária do investigado e o juízo da 2ª Vara Criminal entendeu que diante dos elementos coletados e de crime semelhante cometido anteriormente, deferiu pelo mandado de prisão preventiva.

Durante a prisão, o suspeito confessou os crimes para a equipe policial e na delegacia, durante depoimento, ele reafirmou o cometimento dos crimes e contou ainda como matou as duas vítimas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here