Home Destaque Polícia Civil identifica suspeitos e esclarece furto qualificado em comércio de caça...
fullinterna_2


Polícia Civil identifica suspeitos e esclarece furto qualificado em comércio de caça e pesca em Apiacás

| Por
Polícia Civil-MT


Um furto mediante arrombamento em um comércio de caça e pesca ocorrido no município de Apiacás (1.010 km ao norte de Cuiabá) foi esclarecido pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (19.05) com a identificação de três menores envolvidos e recuperação de parte dos objetos furtados.

O furto ocorreu na madrugada de sábado (14.05), ocasião em que foram subtraídas quatro espingardas de pressão e um jogo de facas do comércio. Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Delegacia de Apiacás iniciou as diligências fazendo a análise das câmeras de segurança do estabelecimento e conseguindo identificar os três suspeitos que participaram da ação, sendo todos menores de idade.

Um dos menores possuía diversas passagens por cometimentos de outros atos infracionais. Após a identificação, os investigadores realizaram diligências, a fim de localizar os adolescentes envolvidos no ato infracional de furto qualificado.

Desde então, foram seis dias de monitoramento da residência dos suspeitos e na manhã desta quinta-feira (19), após tomar conhecimento das investigações, um dos menores se apresentou na delegacia de Polícia, acompanhado do Conselho Tutelar e de sua mãe.

O menor foi ouvido em declarações, e confessou a participação no furto, assim como onde estavam escondidos os objetos furtados do comércio, e posteriormente liberado, mediante termo de entrega a sua mãe. Com base nas informações, os policiais foram até o local indicado, uma região de mata, no acesso à estrada Mutum, onde localizaram os objetos que foram restituídos à vítima.

Segundo a delegada de Apiacás, Paula de Fátima Moreira Barbosa, as investigações seguem em andamento para localizar os outros dois menores envolvidos. “Foi instaurado o procedimento de apuração de ato infracional, que será encaminhado à justiça, para a adoção das demais providências”, disse a delegada.

Fonte: PJC MT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here