Home Destaque Corpo de Bombeiros de MT encerra circuito de provas práticas e certifica...
fullinterna_2


Corpo de Bombeiros de MT encerra circuito de provas práticas e certifica 12 cães militares

| Por


O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT) certificou 12 cães de busca e resgate, que foram aprovados na última etapa de avaliação técnica da Primeira Prova Nacional de Certificação de Equipes de Busca, Resgate e Salvamento com Cães do Brasil, encerrada nesta quinta-feira (25.11) na Lagoa Trevisan, em Cuiabá.

Ao longo de três dias, 12 cachorros das raças labrador, pastor de malinois, blue heeler e border collie, de equipes de corporações do Centro-Oeste e Sul do Brasil, foram submetidos ao circuito de provas.

Os animais inscritos para a certificação são integrantes das seguintes equipes; três cachorros do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina (CBMSC), três do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Paraná (CBPMPR) e seis do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT). Todos foram treinados na sua base de origem para atuar em ocorrências terrestres e aquáticas, sempre acompanhados dos militares.

Para obter a Certificação Nacional de Equipes de Busca e Resgate, as equipes foram submetidas em várias atividades. Em uma das provas, os cachorros, acompanhados do militar, atenderam uma simulação de ocorrência de acidente aéreo.  Um mapa com os pontos e coordenadas foi entregue para as equipes, sendo sua missão principal a localização de vítimas desaparecidas. Uma técnica para avaliar a capacidade e autonomia do animal e equipe de se manterem ativos na operação até sua finalização com êxito.

O desempenho dos candidatos foi avaliada por uma comissão de militares: tenente-coronel Walter Parizotto, do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catariana (CBMSC), que é árbitro e presidente do Comitê Nacional de Busca, Resgate e Salvamento com Cães (Conabresc); árbitro e diretor de prova, major Rafael Marcondes (CBMMT); e o capitão Allan (CBMSC), que também é árbitro. Todos integrantes credenciados pelo Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (Ligabom) e Comitê Nacional de Busca, Resgate e Salvamento com Cães (Conabresc).

O comandante-geral em exercício do CBMMT, Coronel Ricardo Antônio Bezerra Costa, destacou que o trabalho realizado pelo cachorro é “exemplar”, pois o animal possui uma série de elementos que auxilia os militares em missões de busca.

“Este animal faz toda diferença na ação de busca e salvamento devido suas características, principalmente por se tratar de animal muito inteligente, forte, com agilidade, além de possuir um olfato extremamente desenvolvido, junto com os militares do Corpo de Bombeiros Militar, soma esforços para resolutividade nas diversas frentes de trabalho”, explicou o coronel.

No país, o CBMMT é referência nacional para os 25 estados e o Distrito Federal, sendo a corporação com o maior número de binômios (militar + cão) certificados pela Ligabom, totalizando 24 cães em Mato Grosso que entram em ação junto com os bombeiros durante as ocorrências.

Entenda de que forma o cão militar atua em ocorrência

Em Mato Grosso, 1ª Companhia Independente Bombeiro Militar (1°CIBM), no município de Barra do Garças (a 516 km de Cuiabá) empenhou um cão de busca, no dia 09 de novembro, para localizar o corpo de um homem de 30 anos, vítima de afogamento que estava desaparecido nas águas do Rio Araguaia. Nesta missão de busca e resgate, o cachorro bombeiro ‘Thayron’ indicou aos militares o ponto de mergulho, localizando o corpo da vítima.

Na tragédia do rompimento de barragem no município de Brumadinho (MG), em 25 de janeiro de 2019,  foram enviados 10 cães de busca de Mato Grosso, empenhados durante os 127 dias de trabalho para localização das vítimas desaparecidas.

Fonte: GOV MT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here