Home Chicote Com apoio da esquerda, Pátio pode ser nome forte para governador
fullinterna_3
fullinterna_2

CONJECTURAS


Com apoio da esquerda, Pátio pode ser nome forte para governador

| Por Redação
Prefeito de Rondonópolis quer comandantes novos no Trânsito e Assistência Social. Foto - Alan Cosme/HiperNoticias

Embalado com o bom ritmo de sua administração em Rondonópolis, que atualmente é muito bem avaliada pela maioria da população da cidade, o prefeito José Carlos Junqueira de Araújo, o Zé do Pátio (SD), está se gabaritando para disputar com chances de vitória a cadeira de governador de Mato Grosso. Isso pelo menos do ponto de vista de realizações de sua gestão, já que inaugura obras lançadas por ele recentemente e outras represadas ou paradas há anos, garantindo a qualidade de gestor realizador e tocador de obras à sua biografia política.

Político hábil, à sua maneira, Pátio aposta suas fichas na possibilidade de compor um arco de aliança que uma os partidos mais à esquerda do espectro político, que contaria com o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que poderia ajudar a costurar apoios importantes e garantir os votos necessários para, em determinadas condições, levá-lo para um segundo turno e até, por que não, a ganhar a eleição.

Tudo depende da sua capacidade de se apresentar como o nome que una esses setores políticos e consiga empolgar a militância desses partidos de esquerda. Isso, sem dúvida, garantiria escopo político para o agora prefeito da cidade mais importante do interior de Mato Grosso abrir negociações com setores mais de centro, reforçando suas chances no pleito do ano que vem.

Outro fator que pode contribuir com os planos de Pátio é a possível divisão da assim chamada direita, que não consegue se aglutinar em torno de um único nome, com a possibilidade de lançarem um candidato com perfil mais extremista, que contaria com o apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), além do atual governador Mauro Mendes (DEM), um liberal realizador, de perfil democrático, razão pela qual não conta com a confiança do eleitorado bolsonarista mais raiz.

É claro que tudo ainda não passa de especulação e é óbvio também que ainda falta muito tempo para a eleição, mas sim, Pátio e seus apoiadores mais próximos podem sim sonhar com uma candidatura majoritária competitiva e que com reais chances de levar a melhor em 2022.

É claro também que Pátio pode nem vir a ser candidato a governador, preferindo ou terminar seu mandato de prefeito ou disputar outro cargo, mas é certo que vive seu melhor momento político e conta hoje com um patrimônio político maior do que tinha em 2020, quando se reelegeu à prefeitura.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here