Home Editorias Mato Grosso Sema impede extração ilegal de madeira e apreende máquinas em Área de...
fullinterna_1
fullinterna_2


Sema impede extração ilegal de madeira e apreende máquinas em Área de Proteção Integral

| Por


Após realizarem ação de monitoramento e fiscalização na Estação Ecológica Rio Madeirinha, em Colniza (1.022 quilômetros de Cuiabá) na última quinta-feira (29.09), fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) apreenderam caminhões, trator e motosserra utilizados em crimes ambientais. Além disso, impediram que toras de madeira extraídas ilegalmente fossem levadas da Unidade de Conservação.

Conforme o tenente coronel Querubino Soares, da Coordenadoria de Unidades de Conservação (CUCO) da Sema, a operação foi coordenada pelo órgão ambiental  em parceria com a Polícia Militar (PMMT) e o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), com o apoio da Fundação Nacional do Índio (Funai).

Foram removidos os dois caminhões, um trator e três motosserras utilizados na ilicitude. A remoção de máquinas ou a inutilização dos equipamentos e demais estruturas é uma forma de cessar o dano ambiental em curso e descapitalizar o infrator.

Cinco suspeitos flagrados causando danos na Unidade de Conservação foram encaminhados à delegacia do município de Colniza para dar continuidade aos procedimentos legais. As multas aplicadas somam R$275 mil.
 

A Unidade de Conservação Estação Ecológica Rio Madeirinha, localizada em Colniza, é uma área de proteção permanente com 13.682,96 hectares do Bioma Amazônia. Colniza é o município do Bioma Amazônia com maior índice de desmatamento ilegal do Estado.

Denúncias

Crimes ambientais devem ser denunciados pela população por meio da Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-065-3838, no site da Sema, por meio de formulário, nas unidades regionais do órgão ambiental ou ainda pelo aplicativo MT Cidadão.

Com orientação de Lorena Bruschi*

Fonte: GOV MT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here