Home Editorias Polícia Homem que agrediu mulher na frente dos filhos pequenos é preso pela...
fullinterna_1
fullinterna_2


Homem que agrediu mulher na frente dos filhos pequenos é preso pela Polícia Civil

| Por


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um homem que agrediu fisicamente a ex-esposa e a ameaçou de morte na frente dos filhos menores de idade foi preso pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (30.09), em Juína (735 km a nordeste de Cuiabá), em cumprimento a um mandado judicial.

O suspeito de 36 anos teve a ordem de prisão decretada pela Justiça pelos crimes de lesão corporal e ameaça no âmbito da lei de violência doméstica e familiar.

Na quinta-feira (28), a vítima de 34 anos procurou a Delegacia de Juína para registrar a ocorrência. Conforme narrativa, a mulher conduzia o seu veículo na companhia dos filhos de 13 e 10 anos, quando foi surpreendida pelo agressor, que a seguia em outro carro.

O suspeito fechou o automóvel da vítima, que ficou travado no meio-fio da via. Em seguida, ele se aproximou do veículo e começou a puxar a porta para entrar no carro. Impedido pela ex-mulher, o agressor conseguiu baixar o vidro do motorista e a enforcou. Além das agressões físicas, o suspeito ainda a xingou e a ameaçou de morte.

Logo que conseguiu escapar, ainda muito trêmula e com medo, a mulher procurou a Polícia Civil.

Ao ser ouvida e perguntada se alguém que passava pelo local a ajudou, a mesma relatou que gritou por socorro algumas vezes, porém, ninguém a ajudou. “Nessas horas, as pessoas só sabem pegar o celular e filmar e depois mostrar para os outros”, lamentou ela.

Diante dos fatos graves, a Delegacia de Polícia de Juína representou pelo pedido de prisão do suspeito, que foi deferido pela Justiça.

De posse do mandado, os policiais civis descobriram que o investigado estaria a caminho de uma agência bancária e os investigadores conseguiram efetuar a prisão.

O agressor foi conduzido até a delegacia para as providências cabíveis e posteriormente apresentado ao Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here