Home Destaque Três são presos pela PM depois de amarrar e torturar usuário de...
fullinterna_3
fullinterna_2

EM GUIRATINGA


Três são presos pela PM depois de amarrar e torturar usuário de droga

Os suspeitos detidos responderão pelos crimes de tráfico ilícito de drogas, tortura e cárcere privado

| Por Denilson Paredes

Três pessoas, incluindo uma mulher, foram presos suspeitos de manterem em cárcere privado e torturarem um homem usuário de drogas. O fato aconteceu na tarde de sexta-feira (30), no bairro São Sebastião, na cidade de Guiratinga, e os suspeitos detidos responderão pelos crimes de tráfico ilícito de drogas, tortura e cárcere privado.

De acordo com informações da Polícia Militar, um homem acionou a polícia e contou que havia sido amarrado e torturado na casa de uma mulher de quem costuma comprar drogas. A mulher teria contado com a ajuda de outras quatro pessoas, identificadas pela vítima como “Superchoque”, “Sapo”, “Hulkage” e “Seu Jorge”.

Ele teria ido até o local à procura de comprar drogas depois de ter telefonado para a sua fornecedora, mas assim que chegou, foi surpreendido pelos quatro homens, que o aguardavam dentro da casa, que o amarraram e começaram a agredi-lo com socos e pontapés, afirmando que ele era um “cagueta da polícia”, ou seja: um informante da polícia.

O usuário de drogas contou ainda que teria entregue R$ 150 para a proprietária da casa e que toda a violência teria sido testemunhada pela mãe da mulher, que disse não poder fazer nada.

Ele contou ainda que a cerca de quinze dias atrás já havia sido agredido por dois dos suspeitos, por conta de um desentendimento com a mulher de quem afirma comprar drogas.

Uma guarnição policial então foi até a casa onde tudo teria acontecido, em companhia de investigadores da Polícia Judiciária Civil, e lá detiveram em flagrante a mulher e dois dos suspeitos que teriam participado da sessão de tortura.

No local, também foram apreendidos uma porção grande de uma substância análoga à pasta base de cocaína, uma porção de substância análoga à maconha, já embalada pronta para ser comercializada, um celular marca Samsung cor azul, um pedaço de madeira, R$ 350 em espécie, além de pedaços de lençol rasgado em tiras, usado para amarrar a vítima, além de um par chinelo e um boné preto pertencente à vítima.

Os detidos já possuem passagens anteriores pela polícia pelo crime de tráfico de drogas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here