Home Destaque Ministro da Saúde credencia novas unidades e anuncia custeio de agentes comunitários
fullinterna_3
fullinterna_2

EM RONDONÓPOLIS


Ministro da Saúde credencia novas unidades e anuncia custeio de agentes comunitários

O anúncio do credenciamento de mais equipes de saúde da família contribui diretamente com o trabalho preventivo

| Por Redação

Rondonópolis conta a partir desta sexta-feira (9) com mais 24 equipes para trabalhar com a saúde da família e o custeio pelo governo federal de 250 agentes comunitários de saúde. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde Marcelo Queiroga que liderou uma comitiva de parlamentares federais e estaduais e secretários municipais de saúde recebidos pelo prefeito José Carlos do Pátio.

O anúncio do credenciamento de mais equipes de saúde da família contribui diretamente com o trabalho preventivo que é realizado bem próximo da população, principalmente com a dedicação dos agentes comunitários de saúde. “Essas equipes são fundamentais para que possam ter uma resolução dos problemas sanitários do nosso país”, afirma Queiroga.

A novidade para Rondonópolis foi anunciada pelo ministro em estrutura montada juntamente da Central de Vacinação contra a covid-19 na Secretaria Municipal de Saúde. Ao final do discurso, Queiroga, que é médico cardiologista, aplicou a primeira dose da vacina em uma mulher lactante e um homem.

O prefeito José Carlos do Pátio disse estar comovido com a vinda do ministro e o anúncio do credenciamento das unidades básicas de saúde que vão trabalhar na atenção primária com as famílias de Rondonópolis. “Tenho feito investimentos diversos pensando na garantia do atendimento de saúde da população, até o pavilhão para faculdade de medicina e a nova sede da Unemat estou construindo. Aproveito para agradecer o apoio dos deputados estaduais e de toda bancada federal”, comenta.

Para o secretário de Saúde do município, Vinícius Amoroso, a vinda do ministro é significativa a mostra a sua sensibilidade em reconhecer a necessidade de investimento e melhoria no atendimento de saúde pública nas cidades do interior. “Hoje Rondonópolis deixa de ser a capital do agronegócio e passa a ser a capital da saúde”, comemora.

O ministro Marcelo Queiroga esteve também na Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) onde se reuniu com a reitoria e representantes dos alunos do curso de medicina e ainda no Hospital Santa Casa onde inaugurou as unidades de oncologia e do coração.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here