Home Editorias Polícia Jovem é preso após fingir ser policial para participar de buscas por...
fullinterna_3
fullinterna_2


Jovem é preso após fingir ser policial para participar de buscas por Lázaro

Suspeito ainda pediu que PMs o ajudassem em uma suposta ocorrência antes de ser preso

| Por MaisGoiás
Reprodução - MaisGoiás

Um jovem de 23 anos foi preso após fingir ser policial federal para tentar participar das buscas pelo foragido Lázaro Barbosa, suspeito de cometer chacina contra uma família em Ceilândia (DF). O caso ocorreu na noite de sábado (19), quando o homem pediu ajuda a policiais na BR-070 para encontrar sua suposta equipe que estaria mais à frente, na região de Cocalzinho de Goiás. 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), após se apresentar como policial, o homem alegou que precisava de apoio para desarmar um homem bêbado em uma propriedade rural. O suspeito convenceu equipes da Polícia Militar a acompanha-lo na suposta ocorrência.

Ao retornarem para o ponto de apoio da Operação Lázaro, os militares foram informados de que o jovem não era policial. Após a checagem e confirmação da farsa, o rapaz foi conduzido por uma equipe conjunta da PMGO, PRF e PF à polícia judiciária e preso em flagrante.

Agora, deverá responder pelos crimes de falsidade ideológica e usurpação da função pública, conforme os artigos 307 e 328 do Código Penal.

Trotes dificultam captura

A força-tarefa policial está a procura de Lázaro desde o dia 8 de junho e se queixa de que rumores, trotes e informações falsas que chegam através da população atrapalham o trabalho da polícia. As informações reais sobre o paradeiro do fugitivo se perdem em uma avalanche de boatos e informações falsas que a polícia precisa checar.

Uma das informações falsas levou policiais da força-tarefa a efetuarem uma série de disparos em uma região próxima a casas do povoado de Girassol, às margens da BR-070. O caso ocorreu por volta das 17h desta quinta-feira, depois que habitantes da região disseram ter visto Lázaro nas redondezas.

De acordo com os relatos feitos à polícia e à imprensa, Lázaro tinha sido visto atravessando a rodovia e se escondendo em uma casa inacabada, o que resultou no tiroteio. A cena foi divulgada pela imprensa como troca de tiros com Lázaro, porém, descobriu-se depois que o suspeito não estava no local e que a informação era falsa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here