Home Cuiabá Conmebol promete protocolos rígidos em Cuiabá e toda segurança possível para a...
fullinterna_2

Conmebol promete protocolos rígidos em Cuiabá e toda segurança possível para a Copa América


|
Rogério Florentino/Olhar Direto

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) reafirmou a escolha de Cuiabá e outras cidades brasileiras como sedes da Copa América de 2021, que foi transferida para o Brasil. O presidente da entidade, Alejandro Domínguez, garantiu que a competição será sem público, terá protocolos rígidos e que a competição terá toda a segurança possível.

Em vídeo publicado nas redes sociais, a Conmebol confirmou que as cidades de Brasília, Cuiabá, Goiânia e Rio de Janeiro serão as sedes, o que já havia sido adiantado pelo governo federal horas antes.

“Estaremos realizando os jogos nessas cidades com toda segurança possível, sem a presença do público, com protocolos sanitários rígidos e alinhados com as autoridades de saúde. Estamos trabalhando para, o mais breve possível, poder anunciar a tabela da competição ajustada e os estádios em que serão realizadas as partidas”, declarou o presidente da Conmebol.

Alejandro agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro, o ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, e os governos locais no trabalho para operacionalizar a Copa América.

Representantes da entidade devem desembarcar hoje em Cuiabá e outras sedes para avaliações dos estádios. Ao todo, 28 partidas estão previstas para a competição entre os dias 13 de junho e 9 de julho.

A estreia do Brasil está prevista para o dia 14, contra a Venezuela. A Seleção está no Grupo B, que também tem Peru, Equador e Colômbia. O Grupo A conta com Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai. A Conmebol não deve mudar o formato e as datas dos jogos.

Secretário comemora

O secretário de secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer Alberto Machado, o Beto Dois a Um, disse em entrevista à Rádio Conti FM, nesta quarta-feira (02), que “a partir do momento em que não terá custo financeiro para o Estado, as delegações estarão vacinadas, não teria o porque não recebermos jogos, como já acontece com o Campeonato Brasileiro”.

“Com isto, vamos injetar dinheiro nos hotéis, restaurantes, entre vários outros serviços, que estavam sofrendo com a pandemia até agora. O governador Mauro Mendes (DEM) colocou a Arena Pantanal à disposição, desde que todos os protocolos sejam seguidos. É uma oportunidade para vender o Estado para toda a América do Sul e também o restante do mundo”, completou o secretário.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here