Home Chicote HABITAÇÃO POPULAR I Vereador quer agilidade na entrega de loteamento destinados à...
fullinterna_2


HABITAÇÃO POPULAR I Vereador quer agilidade na entrega de loteamento destinados à famílias carentes

| Por Por Denilson Paredes

O vereador Jonas Rodrigues (SD) quer agilidade da parte do poder público municipal na seleção dos contemplados e na entrega dos loteamentos de interesse social, que ao todo prevê beneficiar 3 mil famílias carentes da cidade com um terreno urbanizado. O motivo, justifica o edil, é aliviar o sofrimento de dezenas de famílias que aguardam pelos mesmos morando em barracos construídos em áreas irregulares pelos bairros periféricos de Rondonópolis, como na região dos bairros Pedra 90 e Vila Olinda, onde há um “grilo” formado por dezenas de famílias, assim como na quadra 44 do bairro Vila Rica e no entorno do bairro Jardim Liberdade, onde também há famílias morando de forma precária.

“São famílias que estão em áreas de ocupação e que estão lá sem a mínima infraestrutura básica necessária. Elas estão numa situação bastante vulnerável e eu vou cobrar do poder público municipal para que dê agilidade ao processo de assentamento dessas pessoas”, afirmou o parlamentar, que tratará do assunto durante a Sessão da Câmara dessa quarta-feira (2) e com o Executivo nos próximos dias.

Ele lembra que a Câmara já aprovou recursos financeiros para a aquisição de dois loteamentos de interesse social, como são chamados por parte da prefeitura, assim como para as obras de infraestrutura, sendo que destes, um já está inclusive com seu licenciamento ambiental aprovado. Esse loteamento ficará próximo dos bairros Jardim Ana Carla e Pedra 90 e abrigará um total de 1.500 famílias.

“As áreas estavam fora do perímetro urbano (do Município), mas a Câmara já aprovou a inclusão deles e agora resta fazer o parcelamento dos lotes, fazer instalação de água e energia e dar o mínimo de infraestrutura para que essas pessoas possam ir para lá morar com dignidade”, concluiu.

OUTRO LOTEAMENTO

Um outro loteamento de interesse social também será implantado na região do bairro Alfredo de Castro, onde devem ser instaladas outras 1.500 famílias.

Para terem direito a adquirir um dos lotes, as famílias deverão estar devidamente registradas no cadastro da habitação (SISHAB); serem comprovadamente de baixa renda, atendendo aos critérios estabelecidos para os programas sociais de habitação.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here