Home Chicote Coronel Fernanda de MT passa nova vergonha pública com Bolsonaro
fullinterna_2


Coronel Fernanda de MT passa nova vergonha pública com Bolsonaro

| Por Da Redação NMT
Coronel pede agenda com presidente, ouve um "não" e presidente não mostra empolgação algumas com novos projetos políticos da "aliada". Foto - Reprodução

Candidata derrotada ao Senado Federal na eleição fora de época de 2020 ao Alto Parlamento, a coronel Rúbia Fernanda (PATRIOTA) viajou até Brasília, nesta semana, para novamente tentar encaminhar um projeto político para 2022 com as bençãos do presidente Jair Bolsonaro.

O planejamento, porém, foi catastrófico. Fernanda não conseguiu contato pelo celular com o mandatário, algo que sempre lhe desagradou, e decidiu então ir no chamado “cercadinho”, na saída do Palácio da Alvorada, onde Bolsonaro se encontra com apoiadores.

Um vídeo gravado do momento mostra o presidente não tendo nenhuma empolgação ao ver Fernanda e ao ser cobrado por uma agenda ele nega, ressaltando que até em sua casa precisa de agenda, sinalizando que não está tendo tempo de encontrar a esposa Michelle.

O presidente então questiona se Fernanda será candidata em 2022 e ela afirma que “está pronta para a missão” que Bolsonaro lhe confiar, talvez aguardando novamente o Senado Federal ou até Governo do Estado.

O presidente, de pronto, já dispara: “deputada federal ou estadual…?”. Ao ser informado por ela que tentará a Câmara dos Deputados, Bolsonaro pergunta por Victorio Galli (PATRIOTA) e cita que o mesmo também disputará uma vaga para deputado federal, chamando-o de “irmão”.

A jornada de Fernanda até a capital federal conseguiu ser tão desastrosa quanto a ligação divulgada momentos antes da convenção do seu partido, o PATRIOTAS, que confirmou sua candidatura ao Senado Federal, no ano passado.

Bolsonaro informa para a oficial da Polícia Militar, na ocasião, que o quadro mudou, cita o nome de José Medeiros, tentando convencê-la a recuar e diante do choro e escândalo da coronel o presidente mantém seu apoio a ela, ressaltando a chance clara de derrota pela frente, o que acabou se conformando nas urnas.

Previamente, Bolsonaro já adiantou que seu candidato para 2022 ao Senado Federal em Mato Grosso será José Medeiros (PODEMOS), atual deputado federal e seu vice-líder no Congresso Nacional.

Veja o “reencontro” de Bolsonaro e Coronel Fernanda: 

Relembre ligação onde Fernanda chora, implorando para Bolsonaro não retirar apoio:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here