Home Editorias Polícia Tio apontado como autor de homicídio de sobrinho tem prisão cumprida pela...
fullinterna_2


Tio apontado como autor de homicídio de sobrinho tem prisão cumprida pela Polícia Civil em Poconé

| Por


Assessoria/Polícia Civil-MT

O autor do homicídio ocorrido no último dia 06 de maio em um assentamento em Poconé (104 km ao sul de Cuiabá) teve o mandado de prisão temporária cumprido pela Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira (14.05), em Poconé. O tio da vítima foi identificado como autor do crime. 

O homicídio que vitimou, Jucinei Eziquiel Gançalves da Silva, ocorreu na residência da mãe do suspeito e avó da vítima no bairro Nossa Terra Nossa Gente, em Poconé. Na ocasião, tio e sobrinho estavam ingerindo bebida alcoólica, quando em determinado momento o suspeito chamou a vítima em um canto e acertou um golpe da faca em seu abdômen.

A vítima tentou fugir, porém caiu no chão, momento em que foi novamente golpeado na região do pescoço. Pessoas que estavam na casa tentaram deter o suspeito, porém também foram ameaçadas de morte. A equipe do Samu foi acionada constatando a morte da vítima.

Assim que foi acionada do crime, a equipe da Polícia Civil iniciou os trabalhos investigativos descobrindo que o suspeito possui várias passagens ilícitas. Segundo as informações, tio e sobrinho tinham várias desavenças anteriores pelo fato de a vítima ser usuária de drogas e pelo modo como tratava a avó (mãe do suspeito).

Diante das claras evidências de autoria, o delegado Maurício Maciel Pereira Júnior, representou pelo mandado de prisão temporária do suspeito pelo crime de homicídio qualificado pelo motivo fútil, que foi deferida pela Justiça no final da tarde de quinta-feira (13) e cumprido na manhã desta sexta-feira (14) pelos policiais da Delegacia de Poconé.

O suspeito foi conduzido à delegacia para as providências de praxe e posteriormente colocado à disposição da Justiça. “Estávamos monitorando o suspeito, a espera da decretação do mandado, resultando na sua rápida prisão logo após expedição da ordem judicial”, destacou o delegado.

Fonte: PJC MT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here