Home Editorias Mato Grosso Funcionária de empresa terceirizada responderá por furto de celulares na Politec
fullinterna_2


Funcionária de empresa terceirizada responderá por furto de celulares na Politec

| Por


O furto de dois aparelhos celulares ocorrido nas dependências da Perícia Oficial e Identificação Técnica de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá) foi esclarecido pela Polícia Civil, na quinta-feira (13.05), com a identificação da autora do furto e prisão em flagrante de duas pessoas pela receptação dos aparelhos.

Uma mulher de 64 anos funcionária de uma empresa terceirizada que presta serviços de limpeza na Politec foi identificada como a responsável pelo furto dos aparelhos, que foram posteriormente passados para a filha dela, de 36 anos e um amigo, de 45, autuados pela receptação dos celulares. 

A suspeita responsável pela subtração dos celulares, um da marca Motorola e outro da marca Samsung, responderá inquérito instaurado pela Derf de Sinop, por furto qualificado pelo abuso de confiança.

Os policiais civis foram acionados para apurar uma ocorrência de furto ocorrido no órgão público. Durante diligências a equipe identificou inicialmente o receptador do celular modelo Samsung, que foi conduzido para esclarecimento.

No depoimento, o suspeito alegou que havia encontrado o aparelho, porém posteriormente assumiu que havia ganhado da servidora terceirizada. Em seguida os investigadores foram até a residência da suspeita, no bairro Menino Jesus, onde ela contou que havia encontrado o celular em via pública, próximo a um posto de combustível.

Diante das informações a mesma foi encaminhada até a Derf de Sinop, e ao ser ouvida pelo delegado Ugo Angelo Reck Mendonça, acabou revelando a autoria do furto praticado dentro da Politec, onde trabalhava como zeladora.

Por não estar em situação de flagrante a suspeita responderá o inquérito instaurado pelo crime de furto qualificado pelo abuso de confiança. Já o segundo celular furtado foi recuperado em posse da filha da suspeita, que também foi detida e autuada em flagrante por receptação.

Fonte: GOV MT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here