Home Política Nacional Comissão debate prorrogação de pedágios em estradas do Rio Grande do Sul
fullinterna_2


Comissão debate prorrogação de pedágios em estradas do Rio Grande do Sul

| Por


Gustavo Sales/Câmara dos Deputados
Reunião deliberativa. Dep. Afonso Hamm (PP - RS)
Afonso Hamm considera abusivos os preços dos pedágios

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados promove audiência pública na segunda-feira (17) sobre a prorrogação dos pedágios nas BRs 116 e 392, no Rio Grande do Sul.

O debate ocorre no plenário 11, às 10 horas, com transmissão interativa.

O pedido para realização da audiência pública é do deputado Afonso Hamm (PP-RS). Ele quer reunir autoridades do setor e representantes das concessionárias que exploram as duas BRs para obter esclarecimentos sobre as obras de duplicação dessas vias. A preocupação de Hamm é não penalizar os usuários “que por elas trafegam com preços de pedágios abusivos”.

De acordo com o deputado, os custo do pedágio na região para um caminhão com carga total pode chegar a R$ 592,20. “O que reduz a competitividade de nossas exportações, o transporte da matéria prima e impacta de forma significativa na vida dos usuários da estrada. Vivemos um novo momento, com uma profunda crise econômica, tendo em vista a pandemia, por isso não aceitaremos qualquer medida que traga ainda mais dificuldades aos transportadores, empresas, empreendedores e turistas”, destacou.

Foram convidados para a audiência:

  • ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freita;
  • superintendente de infraestrutura rodoviária da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), André Luis Macagan Freire;
  • superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT)/RS, Delmar Pellegrini Filho;
  • presidente da Empresa Concessionária de Rodovias do Sul (Ecosul), Marco Antônio Cassou;
  • prefeito de Canguçu e presidente da Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul), Vinícius Pegoraro;
  • deputado estadual Marcus Vinícius Almeida (PP-RS);
  • presidente da Federação das Empresas de Transporte de Cargas no Estado do Rio Grande do Sul (Fetransul), Afrânio Kieling;
  • diretor-presidente da Tecon Rio Grande e Coordenador do Movimento Aliança Rio Grande, Paulo Pertinett.

Da Redação – GM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here