Home Editorias Mato Grosso Projeto de conectividade com tecnologia 5G em área rural é iniciado em...
fullinterna_3
fullinterna_2


Projeto de conectividade com tecnologia 5G em área rural é iniciado em Mato Grosso

| Por


O projeto de conectividade com tecnologia 5G chamado 5GSA foi iniciado nesta terça-feira (11.05), em uma fazenda do Instituto Mato-grossense do Algodão (IMA), em Rondonópolis (a 250km de Cuiabá), em apresentação feita pela TIM e pela Nokia. O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, participou do evento representando o governador do Estado, Mauro Mendes.

“Trazer tecnologia para o campo é sinal de melhoria social, ambiental, econômica, na produtividade do agronegócio mato-grossense. O estado é referência mundial na agropecuária e, com este investimento, terá ainda mais destaque”, disse Miranda. 

O evento contou com a presença do ministro das Comunicações, Fábio Faria, e a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina. A ministra destacou que o Governo Federal trabalha para que a tecnologia 5G chegue a todos os brasileiros.

“Esse leilão [de frequências de operação da nova geração de internet móvel] vai bombar para que essa tecnologia seja democratizada, chegue a todos. É o início de uma estrada do que virá para o agronegócio brasileiro”, disse.

Instalada pela fabricante Nokia, a antena permite o sinal de internet em alta velocidade a partir de uma transmissão gerada pela própria estrutura, é a chamada 5G “pura” ou standalone.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, disse que assim como a 4G revolucionou a vida das pessoas, a 5G vai revolucionar as indústrias. “Para o agronegócio, que é quem está fazendo nosso Brasil crescer, mesmo nessa crise, junto às telecomunicações, será um avanço gigantesco. O 5G vai fazer nosso agro crescer 20%, em média, e esse leilão está muito próximo de acontecer”, ressaltou.

Segundo o ministro das Comunicações, até o fim deste ano serão 20 pilotos de 5G em todo o país. Para a implementação, será realizado leilão das frequências de operação da nova geração de internet móvel.

Também estavam presentes o senador Wellington Fagundes, o presidente da Famato, Normando Corral, o superintendente do Imea, Daniel Latorraca, o diretor executivo do AgriHub, Otávio Celidonio, o presidente da Fiemt, Gustavo de Oliveira e a senadora Margareth Buzzetti. 

Fonte: GOV MT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here