Home Destaque Sem Foto Esposa registra B.O., pede proteção e denuncia violência de vereador de MT
fullhome_2
fullhome_1

Esposa registra B.O., pede proteção e denuncia violência de vereador de MT


| Fonte: Da Redação NMT
Acusações de mulher vão desde traições, amantes lhe perturbando, vereador conseguindo emprego pra "namorada", agressividade e ameaças...

O vereador e radialista Luís Costa (PDT), conhecido em Primavera do Leste por não economizar em críticas, demagogias e defesas do “cidadão de bem e da família”, foi denunciado pela esposa, Rosilene Bráz de Jesus Costa, nas últimas semanas, que resolveu abrir o coração e relatou inúmeros abusos por parte do marido, que vão desde traição até violência.

Segundo o relatado por ela no documento, Luís usa, desde 2013, de sua condição de vereador e natural domínio econômico das finanças domésticas para cometer inúmeras ações desrespeitosas, imorais e até ilegais não só com ela, mas com o filho de onze anos que os dois possuem juntos.

Rosilene afirma que Luís possui “diversas mulheres” e que já até arrumou emprego pra uma delas na Prefeitura de Primavera. A traída conta que recebe rotineiras ligações das amantes lhe afrontando e até dando detalhes das relações sexuais que tiveram com o vereador moralista.

A esposa cita que Luís tem cada vez mais mostrado um comportamento violento dentro de casa e que após uma discussão, em agosto de 2020, entrou em seu veículo e disse, na frente do filho menor, que daria um “tiro no ouvido”. A criança então entrou dentro do veículo, com receio do que pudesse acontecer com o pai, bem como assim também fez a mãe.

O vereador dirigiu de maneira descontrolada até a MT-130, só retornando pra casa após apelos emocionados da criança. A mulher ainda explica que cuida da mãe, de 81 anos, e por crer que seria melhor para o filho crescer com os pais juntos não se separou. Ela não esconde, contudo, a dependência financeira que possui do companheiro.

Todavia, Rosilene sinaliza que chegou no ápice da agonia e que “TEME PELA SUA VIDA”, diante da agressividade que tem se intensificado nas ações de Luís. Para tanto, busca por medidas protetivas garantidas na Lei Maria da Penha para resguardar sua integridade física.

O vereador, acusado ainda de sair e ficar fora de casa por longos períodos (sem avisar a família) até o momento não se pronunciou sobre as acusações.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here