Home Chicote Só Medeiros, Barbudo e Emanuelzinho votam pra tirar Daniel Silveira da prisão
fullinterna_3
fullinterna_3
fullhome_1

Só Medeiros, Barbudo e Emanuelzinho votam pra tirar Daniel Silveira da prisão


| Fonte: Da Redação NMT com UOL
Daniel Silveira
Os três entenderam as críticas de Daniel Silveira ao STF como "liberdade de expressão", respaldada por sua imunidade parlamentar. Foto - Montagem MidiaNews

Dos oito votos que Mato Grosso tinha na votação desta sexta-feira (19), que analisava o mantimento ou não da prisão do parlamentar Daniel Silveira (PSL), expedida no Supremo Tribunal Federal – STF, cinco foram favoráveis ao seguimento da detenção.

Apenas Nelson Barbudo (PSL), José Medeiros (PODE) e Emanuelzinho (PTB) entenderam o caso como “liberdade de expressão” de Silveira, respaldada por sua imunidade parlamentar.

Juarez Costa (MDB), Dr. Leonardo Albuquerque (SD), Rosa Neide (PT), Neri Geller (PP) e Carlos Bezerra (MDB) avalizaram a decisão do ministro Alexandre Moraes.

O veterano Bezerra, aliás, que nutre tremenda antipatia pelo bolsonarismo, revelou que se pudesse votaria por “prisão perpétua” a Daniel.

A grande surpresa foi Leonardo, que inicialmente comentou ter visto excesso na decisão do STF, mas aparentemente decidiu mudar de ideia na hora de votar.

No total da sessão semipresencial no plenário da Câmara dos Deputados, 364 foram a favor da manutenção da prisão, enquanto 130 foram contra e 3 se abstiveram.

O parlamentar foi preso em “flagrante delito” pela Polícia Federal, na noite da última terça (16) por, segundo despacho de Moraes, “fazer ameaças a ministros do STF e ao regime democrático”

A detenção determinada por Moraes foi depois ratificada por unanimidade pelos demais magistrados do Supremo e agora validade pela própria Câmara dos Deputados.

Desde a detenção, duas correntes de pensamento se abriram. Uma defendia que Daniel havia cometido um crime contra a democracia por falar sobre o fechamento da Suprema Corte.

Outros se apegaram ao art. 53 da Constituição que diz que “os deputados e senadores são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos”.

Fato é que Daniel seguirá preso até segunda ordem, que só sairia imediatamente por revogação do próprio Alexandre.

1 COMMENT

  1. O episódio envolvendo o deputado Daniel Silveira é no todo lamentável! O cara rugiu como um leão e depois “miou” como um gatinho de rua desprotegido. Dá licença né! Todo homem precisa de cautela e prudência no que diz, no que faz e as vezes até no pensamento. Mas, se falou ou fez, que tenha “calças” para se sustentar. Pedir desculpas em nada adiantou para o deputado falastrão, ficou em cana do mesmo jeito, e podes crer: é provável que o pior virá! “desgraça é igual banana, quando vem, vem de penca! Esse parlamentar ainda não sabe que: DESCULPA e PERDÃO são palavras que são costumeiras no linguajar dos irresponsáveis, dos inconsequentes e sobretudo na boca dos fracos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here