Home Cuiabá Preso dá detalhes tenebrosos do assassinato de empresária de MT e filha...
fullinterna_3
fullinterna_3
fullhome_1

Preso dá detalhes tenebrosos do assassinato de empresária de MT e filha lamenta


| Fonte: Da Redação NMT com informações O Livre
assassinato empresária
Rosemeire virou alvo dos bandidos após fazer um anúncio. A vítima quase foi estuprada e os assassinos tentaram se passar por ela no WhatsApp. Foto - Reprodução

Um dos dois homens presos ontem (18) pela morte da empresária Rosemeire Soares Perin, de 56 anos e moradora de Várzea Grande-MT, deu detalhes da cruel execução da mulher à polícia.

Dono de um lava-jato, o homem de 33 anos que foi encontrado com o carro da vítima, confirmou que a aproximação com Perin se deu por um anúncio que a mesma realizou sobre uma máquina de sorvetes.

Rosemeire, que havia feito o anúncio do item, contou às filhas na terça (16) pela manhã que havia abaixado o preço para vender logo, afirmou que iria fechar o negócio e voltaria almoçar.

Detalhes

Já no Lava Jato, a empresária foi apresentada pelo dono do estabelecimento para o segundo suspeito, de 29 anos, que também se apresentou interessado na máquina

O depoente disse que deixou os dois negociando e, por algum motivo não detalhado, deu as chaves da sua casa ao suspeito. Os dois se dirigiram até a residência e acabaram demorando.

Quase foi estuprada

Por volta já das 16 horas, o dono do lava-jato foi até o local pra entender o porquê da demora e lá encontrou a vítima desacordada, com as mãos amarradas e o suspeito que “negociava” o produto tentando despi-la para estuprá-la.

Os dois suspeitos começaram a discutir, quando o mais novo pegou uma faca e “degolou” Rosimeire, deixando a casa ficou toda suja de sangue.

Discussão entre a dupla

O suspeito mais velho retornou para seu lava-jato com o veículo da vítima e disse ao mais novo que “desse um jeito naquela sujeira” e tirasse o corpo da casa.

Por volta das 18 horas, o dono do lava-jato foi novamente ao local do crime e o suspeito mais novo já havia fugido, deixando o cadáver.

Destinação do cadáver

O homem disse ter ficado sozinho com Rosimeire até por volta das 23h30, quando o comparsa apareceu com seu veículo, um Ônix vermelho.

Os dois, então, embalaram a vítima em dois cobertores e sacos plásticos, a colocaram no porta-malas, levando a corpo até a Passagem da Conceição, onde deixaram o cadáver em uma região de mata, próximo a um frigorífico.

Tentaram se passar pela vítima

Tentando ludibriar a família, que desde terça intensificava as buscas pela desaparecida, os suspeitos usaram o celular da vítima, ainda ontem (18), trocando mensagens com a família.

Eles falaram como se fossem Rosemeire, dizendo que foram fechar um negócio em Sinop e já estavam em Cáceres, retornando para a capital. As mensagens pararam de ser visualizadas após a filha da vítima dar uma entrevista a um programa de televisão.

Chegada da polícia

Preso em seu lava jato, o suspeito levou os policiais até o local onde o corpo foi abandonado, envolto em um edredom e informou a localização do segundo suspeito.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), o Instituto Médico Legal (IML) e a Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) foram acionados com a identificação do cadáver.

Membro do CV

O segundo suspeito foi encontrado e ofereceu resistência à prisão. Na casa dele foram encontradas porções de drogas e ele assumiu ser membro da facção Comando Vermelho, sem entrar em mais detalhes.

Luto da Família

Rosemeire (centro) com as duas filhas…

Uma das filhas da vítima, Deluse Karine Perin, tentou contar ao site MidiaNews o tamanho da dor por perder a mãe dessa forma.

“Falar que estou sentindo revolta é pouco, não sei se é revolta, é mais que isso. Estou sentindo dor demais. Bateram demais nela, eles cortaram o pescoço dela. Queria minha mãe viva só”, comentou.

Deluse ainda fez questão de ressaltar que a mãe era “de um coração imenso, muito bondosa com todo mundo. Ajudou todo mundo”, finalizou.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here