Home Educação Deputado Claudinei articula nova sede para Escola Militar do Corpo de Bombeiros...
fullinterna_3
fullinterna_3
fullhome_1

Deputado Claudinei articula nova sede para Escola Militar do Corpo de Bombeiros de Alta Floresta


| Fonte: Da Redação NMT com Assessoria
escola
Deputado Claudinei com o secretário Alan Porto e vereador de Alta Floresta

Para oferecer um ambiente apropriado aos alunos da Escola Estadual Militar do Corpo de Bombeiros Dom Pedro II de Alta Floresta (MT), na última quinta-feira (11), o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) e o vereador Luciano Silva (Pode) se reuniram com o secretário de Educação de Mato Grosso (Seduc), Alan Porto, para tratar sobre as condições físicas no atendimento da comunidade escolar. A unidade atende cerca de 300 alunos do 7° ano do ensino fundamental ao 3° ano do ensino médio.

A escola militar atende cerca de 300 alunos do 7° ano do ensino fundamental ao 3° do nível médio

A unidade militar Dom Pedro II é uma instituição dirigida pela 7ª Companhia do Corpo de Bombeiros Militar (CIBM) do município. Essa instituição foi inaugurada no segundo semestre de 2018, por meio de uma parceria entre as Secretarias de Educação (Seduc) e Segurança Pública (Sesp) de Mato Grosso. Uma das dificuldades enfrentadas é a necessidade de um espaço físico amplo e adequado para atender os alunos.

Espaço físico

Um dos problemas enfrentados no local provisório da unidade são problemas no telhado e vazamentos.

Atualmente, a escola militar funciona temporariamente em espaço cedido pela Secretaria Municipal de Esportes e havia um compromisso com a gestão anterior, em que seria cedida uma unidade que já teve o processo construtivo finalizado. “Temos que pensar em Alta Floresta, no sentido do redimensionamento e ordenamento. A gente faz todo o levantamento e analisa os prédios. A gente vai ter a real situação e fomentar o município com recursos financeiros e apoio técnico com o regime de colaboração”, explica o secretário Alan.

Reunião

Inicialmente, as autoridades políticas foram recepcionadas pelos técnicos de Relações Institucionais da Seduc, Abrão Brizola e Valdelino Oliveira, que analisaram a demanda e apontaram que houve uma tratativa com a gestão municipal anterior. Durante a reunião, foi sugerida algumas opções de escolas estaduais de Alta Floresta que tem capacidade de atender mais de mil alunos para a unidade militar, só que será necessária que a Prefeitura e Câmara Municipal estejam junto com a Seduc para solucionar a situação.

O vereador Luciano considerou a reunião produtiva, no instante que os representantes da Seduc e do poder legislativo, representado por Claudinei, se mostraram empenhados em resolver a situação da escola militar. “Essa escola foi um anseio da população. É fundamental essa articulação e intervenção dele (deputado), até mesmo que dentro de uma articulação se não tiver a força do legislativo junto ao executivo, fica fragilizado qualquer negociação. Com certeza, a população começa a ver uma luz no túnel”, diz.

“Essa demanda é muito importante. Eles precisam de um novo imóvel para continuar a escola militar em Alta Floresta. Não queremos que a unidade saia do município. Com certeza, vai para outra cidade. São várias regiões de Mato Grosso que tem interesse e cobram a instalação de escolas militares. Por isso que já agendamos com o secretário Alan e, claro, precisamos do apoio dos vereadores municipais, prefeitura municipal e sociedade em geral”, frisa Claudinei.

Instituição – No ano passado, a Escola Militar Dom Pedro II de Alta Floresta esteve destaque, em primeiro lugar no município, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), terceiro entre as escolas estaduais e em quarta colocação entre todas as escolas públicas do estado de Mato Grosso.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here