Home Cuiabá Com 65 anos de união, casal se vacina contra a COVID em...
fullinterna_3
fullinterna_3
fullhome_1

Com 65 anos de união, casal se vacina contra a COVID em MT


| Fonte: Da Redação com FolhaMax

Faltando duas semanas para completar 66 anos de matrimônio, o casal de aposentados Wantuild Pulcherio de França e Mary Felfili de França, ambos de 85 anos, foi um dos primeiros idosos vacinados contra a covid-19, em Cuiabá, nesta quinta-feira (11), no polo de vacinação que funciona no Centro de Eventos do Pantanal. Juntos, eles compareceram logo cedo acompanhados da neta para o momento tão aguardado.

“Eu me senti ótimo, eu me cuidei bastante, nem saía de casa, minha filha não deixava nem varrer a calçada”, brincou Wantuild. Já a esposa, que se considera supervaidosa, fez até uma promessa de não pintar o cabelo enquanto não tomasse a vacina. O motivo, segundo ela, foi o medo. “Graças a Deus, a gente conseguiu. Agora pelo menos tenho um pouco mais de tranquilidade. Tem dez meses que eu não sei o que é sair de casa. Nunca peguei essa doença, fiz até promessa de não pintar mais o cabelo, enquanto não tomasse a vacina. Tudo isso por medo”, afirmou dona Mary.

Amor e cuidados com os mais velhos

A neta do casal, Maura Nantes Rosa, que os acompanhou, não conseguiu esconder a alegria e lembrou como foi sofrido o período de isolamento de ambos. “Foi uma emoção muito grande, quando cheguei aqui com eles fiquei muito emocionada porque os dois estarem nessa idade, ainda mais nessa pandemia, toda a família fica com medo deles pegarem, tem aquele receio de ir na casa deles visitar. Então, foi muito emocionante saber que eles de certa forma estão imunizados, a família fica mais aliviada, ainda mais eu que fui criada com eles”, disse.

Maura, que teve e tem tido todo cuidado com os avós, ainda deixou um recado para os demais jovens que têm idosos na família. “A festa é boa, a curtição, a aglomeração é ótima! Quem não sente falta? Mas a gente tem que pensar não só em nós, mas sim no próximo. A grande maioria dos jovens como eu tem pais, tem avós e a gente tem que cuidar. Graças a Deus, ninguém da minha família teve e não passou pra eles. Mas eu imagino que seja muito doído você passar a covid, você ter essa responsabilidade de passar e perder um ente querido. Então, fique em casa”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here