Home Editorias Brasil Internado há 71 dias, morre segundo senador da República de COVID-19
fullinterna_3
fullinterna_3
fullhome_1

Internado há 71 dias, morre segundo senador da República de COVID-19


| Fonte: Da Redação NMT com Assessoria
senador COVID
Senador mais idoso da atualidade, José Maranhão procurou ajuda médica em 29 de novembro, após votar no segundo turno das eleições municipais. Foto - Pedro França/Agência Senado

O senador José Maranhão (MDB-PB), 87 anos, faleceu nesta segunda-feira (8) em São Paulo (SP), em decorrência de complicações da covid-19. Ele estava internado havia 71 dias, desde o fim de novembro, quando foi diagnosticado com a doença.

Senador mais idoso da legislatura atual e segunda vítima fatal da doença no alto parlamento, Maranhão deu entrada no Hospital Alberto Urquiza Wanderley, em João Pessoa (PB), em 29 de novembro, dia do segundo turno das eleições municipais de 2020.

Após votar, o senador passou mal e foi encaminhado para exames. Na madrugada do dia 3 de dezembro, ele foi transferido para o Hospital Vila Nova Star, na capital paulista, com insuficiência respiratória provocada pelo coronavírus.

O quadro evoluiu para uma pneumonia viral. O corpo será levado para sua terra natal, Araruna, na Paraíba, onde será enterrado. Ele será substituído no Senado pela suplente Nilda Gondim (MDB-PB), já em exercício desde o início de janeiro e agora titular até janeiro de 2023.

Antes de Maranhão, o senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ) havia morrido por causa do vírus chinês em outubro de 2020, aos 83 anos.

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here