Home Destaque Até com delivery vetado, Sinop-MT tem “toque de recolher” a partir de...
fullinterna_3
fullinterna_3
fullhome_1

Até com delivery vetado, Sinop-MT tem “toque de recolher” a partir de hoje (5)


| Fonte: Da Redação com G1

A Prefeitura de Sinop, no norte de Mato Grosso, institui, a partir de sexta-feira (5) até o dia 19 de fevereiro, o toque de recolher no município. O decreto asseverou que o comércio noturno encerre suas atividades às 22h , com toque de recolher a partir das 23h, até às 5h, pelos próximos 15 dias como medida de contingência à disseminação do coronavírus (Covid-19).

A decisão foi tomada a partir de um consenso entre o Legislativo e o Executivo. O decreto é passível de ser prorrogado. Além de comércios e serviços, o decreto também veda a atividade de trabalhadores informais, serviços de entrega no sistema delivery e, ainda, rede de ensino superior e correlacionados.

De acordo com a prefeitura, já foram aplicadas medidas anteriores na intenção de conter a disseminação e contaminação pelo vírus, no entanto, os números crescem aumentando, assim, a taxa de ocupação das UTI’s. Somente no mês de janeiro, foram registrados 24 óbitos como causa morte o coronavírus.

Exceções

A medida não vale para serviços como tratamento e abastecimento de água e esgoto, captação e tratamento de esgoto e lixo, geração, transmissão e distribuição de energia elétrica e gás, postos de combustíveis, com exceção de suas lojas de conveniência, assistência médica e hospitalar, clínicas veterinárias, clínicas odontológicas e clínicas médicas em regime de emergência, distribuição e comercialização de medicamentos e laboratórios clínicos, funerárias e serviços relacionados, telecomunicações, processamento de dados ligados à serviços essenciais, segurança privada, serviços de taxi e aplicativo de transporte individual remunerado de passageiros, imprensa, profissionais da área fim da saúde, servidores públicos das áreas de fiscalização das Secretarias Municipais de Meio Ambiente, Mobilidade Urbana e Ordem Pública, quando em pleno exercício da função, setor de hotelaria, advogados no exercício de sua profissão.

O cumprimento dos termos será fiscalizado pelas forças de segurança do município que, após o horário permitido, percorrerão as ruas da cidade, em busca de infratores.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here