Home Editorias Brasil Mato Grosso faz cinco vezes mais testes da covid-19 do que a...
fullinterna_3

Mato Grosso faz cinco vezes mais testes da covid-19 do que a média nacional


| Fonte:
testes

Na última quarta-feira (06.01), Mato Grosso alcançou a marca de 4.454 testes moleculares (RT-PCR) aplicados para cada 100 mil habitantes. Isto é, mais do que o quintuplicou a média nacional – de 870 testes por 100 mil habitantes –, conforme apontam dados disponibilizados no Painel da Covid-19. Os números mostram um acréscimo de aproximadamente 411% em relação à média nacional.

Entenda os números e os procedimentos da SES MT

Desde que passou a realizar testes de coronavírus, no dia 19 de março de 2020, o Lacen já avaliou um total de 152.828 amostras do RT-PCR.

“A viabilização do teste da Covid-19 à população de Mato Grosso é fundamental, sobretudo se considerarmos a detecção e tratamento precoces. Essa ampla testagem também permite a detecção do maior número de casos e a análise de dados mais precisos e próximos da realidade. É importante ressaltar que esses números auxiliam no monitoramento não somente dos pacientes internados, mas também daqueles que estão em isolamento domiciliar”, explicou a secretária adjunta Executiva da SES, Danielle Carmona.

Na semana epidemiológica de número 14, o Laboratório Central do Estado (Lacen), unidade gerida pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), realizou 21,52 testes por 100 mil habitantes. Na semana epidemiológica 49, esse número saltou para 130,6, já acima da média nacional da época.

3.776 testes pra cada 100 mil habitantes

Há cerca de um mês, o Laboratório atingiu a média de 3.776 testes aplicados para cada 100 mil habitantes. Contudo, nesta semana, foi superada a marca dos 4 mil testes.

“São amostras vindas de diversos municípios de Mato Grosso. Nossa equipe recebe, realiza a conferência das amostras, se elas possuem viabilidade de análise (qualidade e documental). Depois é realizada a preparação de reagentes e, então, as amostras são colocadas em equipamentos para a extração viral e posterior amplificação das mesmas. A liberação dos resultados é feita por meio do Sistema Gerenciador de Laboratorial (GAL) e a vigilância epidemiológica dos municípios realiza a entrega aos pacientes. É um trabalho importante e complexo que conta com uma equipe preparada para execução”, concluiu a diretora do Lacen, Elaine Cristina de Oliveira.

Testes rápidos

Além de promover a testagem do coronavírus via teste RT-PCR, o Governo implementou, por meio da SES, o Centro de Triagem da Covid-19 na Arena Pantanal. Em mais de cinco meses de funcionamento, o Centro já realizou mais de 85 mil atendimentos e testes rápidos. Entre os dias 22 de julho e 28 de dezembro, 13.703 pessoas testaram positivo para coronavírus, 46.438 obtiveram o resultado negativo e 25.514 casos foram considerados suspeitos da Covid-19.

O Governo de Mato Grosso ainda distribuiu 631,1 mil testes rápidos aos 141 municípios de Mato Grosso com o objetivo de auxiliar as prefeituras na ampliação do rastreamento dos casos confirmados da Covid-19.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here