Home Destaque Morre Celson de Carvalho, ex-secretário e “melhor amigo” de Pátio
fullinterna_3
fullinterna_3

Morre Celson de Carvalho, ex-secretário e “melhor amigo” de Pátio


| Fonte: Da Redação NMT
Celson amigo de Pátio
Ex-secretário de comunicação de Rondonópolis e homem de extrema confiança de Pátio era diabético e não resistiu as complicações da COVID-19. Foto - Reprodução

O ex-secretário de comunicação, Celson de Carvalho, tido pelo atual prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (SD), como seu “melhor amigo”, faleceu aos 62 anos de idade, na noite desta terça-feira (29).

Celson integrava o grupo dos chamados “kamikazes” de Pátio, como o meio político de Mato Grosso se refere aos homens de extrema confiança do gestor, que também esteve por muito tempo no parlamento estadual.

Prefeito monitorava caso

Recentemente, ao próprio NMT, Pátio ressaltou que não viajaria para acompanhar de perto as questões envolvendo a intensificação dos casos provenientes do coronavírus na cidade no fim de ano.

O prefeito chegou a dizer que teria pessoas de sua família em estado crítico, bem como “seu melhor amigo”, sem citar o nome de Celson. O ex-assessor esteve em tratamento intensivo por mais de 30 dias na Santa Casa de Rondonópolis, mas não resistiu.

“Companheiros”

A relação de Pátio e Celson era muito além da política, embora se fortaleceu nela. Carvalho era um dos principais articuladores e responsáveis pelo reconhecido trabalho de base popular que o prefeito tem, sobretudo na maior cidade do interior de Mato Grosso.

Após longo período no MDB, onde militaram juntos, foi Celson o responsável por levar Pátio a condição de líder partidário do SOLIDARIEDADE, quando percebeu que o “companheiro”, como se tratavam, não tinha mais espaço dentro da tradicional ex-sigla.

Grupo de risco

Carvalho era diabético e tinha um histórico de problemas cardíacos, o que o fazia estar no chamado “grupo de risco”. Como é de praxe com vítimas fatais da doença, ele não será velado e seu corpo deve ser sepultado imediatamente e sem cerimônia aberta.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here