Home Editorias Brasil Centro de Oncologia é referência em tratamento de Câncer em Rondonópolis
fullinterna_3
fullinterna_3

Centro de Oncologia é referência em tratamento de Câncer em Rondonópolis


| Fonte:
oncologia

O último mês do ano, que é quando chega o Verão, foi escolhido pela Sociedade Brasileira de Dermatologia para alertar a população sobre a necessidade de se prevenir da irradiação solar e dos fatores geradores do câncer de pele. Segundo o médico, diretor de credenciamento do sistema Hapvida, Rafael Diniz, neste período de verão, a doença torna-se mais frequente. “O câncer de pele é considerado o mais comum no Brasil; há mais de 160 mil casos por ano”, disse.

O Dezembro Laranja, como é conhecido a campanha de conscientização, aponta que a população de Mato Grosso deve ter atenção redobrada. Em Rondonópolis, o Centro Especializado em Oncologia, do grupo São Francisco Saúde, que integra o Sistema Hapvida, previne e trata a doença que acomete não somente a pele. O local reforça o atendimento na região Sudeste de Mato Grosso.

O médico Rafael Diniz explicou que na clínica são realizadas consultas oncológicas em crianças e adultos e alguns tratamentos. É um lugar onde o paciente que faz quimioterapia, por exemplo, e precisa receber medicamentos via infusão, recebe todo o cuidado necessário”, destaca.

“O melhor método ainda é a prevenção. Temos que nos proteger dos raios UVA e UVB e sempre é importante, principalmente para quem trabalha no sol, utilizar os equipamentos de proteção individual como óculos escuros, chapéu de aba larga, roupas e protetor solar com FPS 30 para cima”, completou o médico.

Um levantamento feito junto ao Instituto Nacional do Câncer (Inca), órgão vinculado ao Ministério da Saúde, mostra que entre homens o índice de incidência deste tipo de câncer, em Mato Grosso, é de 1,35 a cada 100 mil pessoas e entre as mulheres esse índice fica na casa de 1,56 a cada 100 mil habitantes. Por estar localizado no centro do país, tem ainda mais irradiação de raios UVA (ultravioleta) e UVB, que causa a vermelhidão na pele.

“Se a gente faz a detecção no estágio inicial a doença é curável. Sempre é bom ficar atento à nossa pele e ao surgimento de pintas. Pelo menos uma vez ao ano consultar um dermatologista”, resumiu o médico.

Sobre o Sistema Hapvida

Com mais de 6,7 milhões de clientes, o Sistema Hapvida hoje se posiciona como um dos maiores sistemas de saúde suplementar do Brasil presente em todas as regiões do país, gerando emprego e renda para a sociedade. Fazem parte do Sistema as operadoras do Grupo São Francisco, RN Saúde, Medical, Grupo São José Saúde, além da operadora Hapvida e da healthtech Maida. Atua com mais de 36 mil colaboradores diretos envolvidos na operação, mais de 15 mil médicos e mais de 15 mil dentistas. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente são 45 hospitais, 191 clínicas médicas, 46 prontos atendimentos, 175 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here