Home Destaque Pátio não comete o erro de Dória e fica em Rondonópolis por...
fullinterna_3
fullhome_1

Pátio não comete o erro de Dória e fica em Rondonópolis por COVID


| Fonte: Da Redação NMT
Pátio
Com familiares e melhor amigo na UTI, por causa da COVID-19, prefeito diz que seguirá sem tirar férias, assim como já faz há 10 anos... Foto - Reprodução

Em evento recente, o prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (SD), disse ao NMT que não quer férias e não “arredará o pé” da cidade.

Entre o fim de 2020 e começo de 2021, quando uma “segunda onda” de COVID-19 pode atingir o país, o prefeito manterá “plantão”.

O gestor, aliás, fez tal afirmação antes até de toda polêmica envolvendo o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que após decretar medidas restritivas viajou com a família para Miami.

Só Deus…

Pátio, que já foi diagnosticado e se recuperou da COVID em casa, afirmou que tem convivido com a dor de ver cidadãos locais sofrendo com a pandemia.

“Meu melhor amigo e mais duas pessoas da minha família estão na UTI. Precisamos orar a Deus e tendo um natal e um ano novo humilde, sem festas. Vamos ser reservados, dentro de casa. Só Deus pra tirar nós dessa dificuldade”, analisou.

Foco no trabalho

Sem tirar férias há 10 anos, segundo seu próprio relato, o gestor disse que não seria agora o momento propício para isso.

“Quero seguir acompanhando de perto. Estamos em contato com o Ministério da Saúde e a vacina está perto (…) A dor que eu tenho e tudo isso que estamos passando, preciso ficar aqui para acompanhar tudo isso”, reiterou.

Novo loteamento e W11

Além da questão da pandemia, o prefeito afirmou que já no início de ano quer assentar mais de 3 mil famílias em um novo loteamento aberto pelo Município.

Sobre o Governo do Estado, com quem parece ter “feito as pazes”, o prefeito comemorou a retomada da obra da W11 com um investimento de R$ 25 milhões

Diálogo com os vereadores

Já em relação ao tipo de relação que quer ter com a nova composição do legislativo local, o prefeito pediu aos “velhos e novos” que mantenham a calma.

“Essa relação precisa ser cautelosa. Vou observar a movimentação da Câmara. Se depender de um conselho meu, digo que é preciso ter calma, tranquilidade, observar”, disse.

Votações cruciais

O prefeito argumentou que a nova legislatura terá grandes responsabilidades e defendeu um trabalho técnico, que privilegie a cidade.

Vamos votar o plano diretor, o novo Código de Obras, de Postura, a nova Lei de Zoneamento, então precisamos muito de ter uma Câmara sábia, inteligente e equilibrada“, pontuou.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here