Home Editorias Brasil Casal é executado com mais de 100 tiros de fuzil na fronteira
fullinterna_3

Casal é executado com mais de 100 tiros de fuzil na fronteira


| Fonte:
tiros
Veículo de casal possui placas brasileiras e foi alvo de mais de 100 tiros de fuzil (Foto: Divulgação/PCMS)

O casal vítima estavam num cassino e foram identificadas como Wellington Bruno Alves, de 26 anos, e Daiane Dias Constanci, de 27, as duas pessoas executadas na fronteira entre Brasil e Paraguai, na madrugada deste domingo (13).

Vítima estava no semi-aberto

Mais de 100 tiros de fuzil foram efetuados contra o carro do casal, que havia acabado de deixar cassino em Pedro Juan Caballero e já estava no lado brasileiro da fronteira, em Ponta Porã, a 323 quilômetros da Capital.

Wellington cumpria pena por tráfico de drogas em Campo Grande e estava no regime semi-aberto. Em outubro deste ano, havia conseguido transferência para Ponta Porã, onde mora a família. A justificativa foi o fato dele ter filhos pequenos na cidade.

Ele é o 5º homem executado por pistoleiros após deixar o semi-aberto nas últimas duas semanas.

Vítimas estavam em cassino no Paraguai

Conforme boletim de ocorrência, as vítimas estavam em veículo modelo Hyundai HB20 Sedan, sendo Wellington o motorista. Peritos estiveram no local, assim como equipes da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã.

Segundo apurado pela reportagem, com o homem foram encontrados quase R$ 10 mil. Ele havia acabado de sair do cassino, por volta de 1h.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here