Home Editorias Mato Grosso Mulher que vendia drogas com bebê no colo é presa em MT
fullinterna_3
fullhome_1

Mulher que vendia drogas com bebê no colo é presa em MT


| Fonte: Gabriel Fagundes c/Assessoria
Mulher que vendia drogas com bebê no colo é presa em MT
PJC

A traficante que vendia drogas com o bebê no colo, foi presa o bairro Jardim Industriário II em Cuiabá, nesta quinta-feira (10), após ser descoberta em investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

A suspeita, de 26 anos, não tinha problemas em atuar com o comércio ilícito na presença do filho de apenas dois anos e vendia o entorpecente até mesmo com a o bebê no colo.

Leia mais: Transtornado pelas drogas, homem espanca esposa em Rondonópolis

Conforme a polícia, as investigações iniciaram após a equipe da DRE receber várias denúncias sobre o ponto de venda de drogas, comandado por uma jovem, no bairro Jardim Industriário.

Logo após monitoramento do endereço, os policiais visualizaram o momento em que um usuário foi ao local e adquiriu entorpecente, constatando a veracidade das denúncias. Ao perceber a presença dos policiais, a suspeita tentou fugir do local, carregando a criança.

Na abordagem, a suspeita apresentou aos policiais uma porção de pasta base de cocaína, R$ 98 em dinheiro e o aparelho celular que estavam em seus bolsos. Durante as buscas na residência, foi apreendida balança de precisão com resquícios da droga assim como outras porções de pasta base de cocaína já preparadas para venda que estavam escondidas em buracos de tijolo e mais R$ 350 em dinheiro.

Diante das evidências, todo material ilícito foi apreendido e a suspeita foi conduzida à DRE. Depois de ser interrogada pelo delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira foi autuada em flagrante por tráfico de drogas.

De acordo com informações, a criança foi deixada com a avó (mãe da suspeita) que mora na casa vizinha ao local da abordagem. “A traficante é contumaz na atuação com o comércio de entorpecentes, possuindo quatro passagens anteriores por envolvimento no crime”, disse o delegado.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here