Home Editorias Mato Grosso Câmera de segurança mostra transexual sendo espancada com garrafadas na cabeça em...
fullinterna_3
fullinterna_3

Câmera de segurança mostra transexual sendo espancada com garrafadas na cabeça em MT


| Fonte: G1
Câmera de segurança mostra transexual sendo espancada com garrafadas na cabeça em MT
Reprodução

Câmeras de segurança flagraram o momento em que uma transexual, de 27 anos, foi espancada com garrafadas na cabeça por um homem na madrugada do dia 26 de novembro. O episódio ocorreu em uma conveniência de um posto de combustível, em Cuiabá (MT). A suspeita é que a motivação da agressão tenha sido homofobia.

De acordo com informações, a Polícia Militar prendeu o suspeito, de 59 anos, por crime de lesão corporal e injúria mediante preconceito. A vítima disse que foi atacada verbalmente antes da agressão física começar.

A situação ocorreu durante em posto de combustível no bairro Jardim Leblon. Nas imagens, é possível ver o momento em que o cliente se aproxima da jovem e começa a bater nela.

A cena é presenciada por outro homem e um frentista, que nada fazem. Somente a partir do momento em que a jovem consegue reagir e derruba o suspeito é que o frentista se aproxima para interromper a briga.

Conforme a vítima, ela estava na loja de conveniência do estabelecimento com uma amiga, quando o suspeito se aproximou e começou a desrespeitá-la com palavras homofóbicas. O suspeito a chamou de ‘viado’ e outras palavras com teor sexual.

Em seguida, segundo a vítima, o homem passou a agredi-la e deu vários golpes com uma garrafa na cabeça dela. A vítima contou que se debateu e o suspeito a segurou pelos cabelos e braços.

Flagrante

A PM localizou o homem e o prendeu em flagrante. Os policiais tiveram que levar o suspeito com hematomas no rosto à Policlínica no bairro Planalto.

Logo após ser medicado e recebido alta médica, o suspeito foi conduzido até a Delegacia da Mulher. A ocorrência foi entregue à Polícia Civil.

A Polícia Civil informou que o caso foi registrado como ocorrência de lesão corporal e injúria mediante preconceito.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here