Home Destaque Rádio Câmara de Rondonópolis deve entrar no ar em 90 dias
fullinterna_3

Rádio Câmara de Rondonópolis deve entrar no ar em 90 dias


| Fonte: Da Redação NMT
A empresa Lumicom Comercial Eireli, com sede no Rio de Janeiro e consolidada no setor, assinou contrato, nesta semana, para colocar a Rádio Câmara de Rondonópolis no ar
A empresa Lumicom Comercial Eireli, com sede no Rio de Janeiro, assinou contrato, nesta semana, para colocar a Rádio Câmara de Rondonópolis no ar. Foto - Reprodução

A empresa Lumicom Comercial Eireli, com sede no Rio de Janeiro e consolidada no setor, assinou contrato, nesta semana, para colocar a Rádio Câmara de Rondonópolis no ar.

A previsão é que a audiência local já tenha a nova opção de sintonia no início de 2021. A Rádio Câmara FM 100,1 custará R$ 669.685,50 aos cofres públicos.

A emissora pública será um veículo de comunicação oficial da Câmara Municipal de Vereadores de Rondonópolis .

Abrangência e prazo

O alcance da emissora será dentro de um raio de 30 quilômetros no entorno da maior cidade do interior de Mato Grosso.

A vencedora do processo licitatório tem um prazo de 90 dias para formatar a instalação completa de toda a estrutura técnica e então deixar a rádio pronta aos locutores.

Projeto federal

O atual secretário de comunicação social do legislativo, Hermélio Silva, lembra que a rádio é um sonho antigo, nascido ainda em 2015 na capital federal.

“Essa concessão não foi tratada entre a Câmara de Rondonópolis diretamente com o Ministério das Comunicações. É como se fossemos apadrinhados pela Câmara Federal, que realizou todo este encaminhamento e abriu a nós esta grande possibilidade”, relembrou.

Legislativo integrado

Até pela importância da Câmara dos Deputados em sua história, a nova rádio retransmitirá sessões do Congresso Nacional em sua programação.

O mesmo também ocorrerá com os trabalhos da Assembleia Legislativa de Mato Grosso – ALMT, outra parceira do projeto.

“Por meio do então presidente da ALMT, Guilherme Maluf, o legislativo estadual nos custeou todo o projeto técnico que permitiu que avançássemos. A prioridade será a programação local, mas teremos essa linha direta com Cuiabá e Brasília”, pontuou Hermélio.

Méritos divididos

claudio da farmacia garante chegada da radio
Cláudio divide os méritos da instalação da rádio e cita Fulô e Magnani. Foto – Reprodução

O atual presidente da Câmara, Cláudio da Farmácia (MDB), que marcará seu nome na história como aquele que efetivamente lançou a rádio, faz questão de dividir os méritos.

“Foi lá na gestão do Fulô (MDB), que o era presidente e o Roni (Magnani), que era o primeiro secretário, que foi buscada a parceria com o Dr. Guilherme Maluf, que foi fundamental para tudo isso virar realidade”, comentou Cláudio.

Em 2020

O gestor diz esperar ainda para este mês de dezembro a instalação da antena e dos equipamentos. “Estamos trabalhando duro, firme para que isso aconteça ainda em 2020”, garantiu.

Aproximação com povo

Na visão de Cláudio, a rádio vai ser mais um elo de ligação entre o poder legislativo e a população de Rondonópolis.

“Será uma ferramenta que vai atender o munícipe, a associação de moradores de bairros, os sindicatos de classe, as demais entidades representativas… Tudo aquilo que não visar lucro comercial e recursos, a rádio vai estar disponível”, explicou.

Ouvido popular atento

O presidente também avalia que será um importante canal para as pessoas que, por conta do trabalho, não conseguem vir à Câmara Municipal acompanhar os trabalhos.

“O rádio é importante porque a pessoa pode dividir a atenção enquanto trabalha, seja a dona de casa em seus afazeres ou o produtor rural, sem precisar descuidar da lavoura. Creio que a palavra de ordem é aproximar cada vez mais do cidadão”, finalizou.

Sobre a adequação da estrutura física, a ideia é montar um estúdio com acesso dos parlamentares a partir do plenário, onde em meio aos debates os representantes tenham a facilidade de dar entrevistas e esclarecer os pontos junto à população.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here