Home Editorias Brasil Idosa que infartou ao ser acusada de furto deve ir para hospital...
fullinterna_3
fullinterna_3

Idosa que infartou ao ser acusada de furto deve ir para hospital particular


| Fonte:
Idosa

A idosa Milta de Jesus Oliveira, 75 anos, deve ser transferida para um hospital particular após passar por procedimento de cateterismo no Hospital Universitário de Brasília (HUB) na tarde desta terça-feira (1º/12). Ela sofreu um infarto no último sábado (28/11), após ter sido acusada de furtar um chinelo no Atacadão Super Adega, no Jardim Botânico.

Entenda o caso

O tratamento no hospital privado deve ser pago pelo atacadão onde aconteceu o infarto. “Ela fez o cateterismo e o exame deu um resultado bom, mas ela vai ter de continuar o tratamento. Como os exames no público demoram pra sair, estou cuidando da remoção dela pro privado pra ela continuar o tratamento custeado pelo Super Adega”, contou a neta Sandrine Oliveira de Jesus.

Milta é hipertensa e controlava a pressão com uso de remédios. A paciente chegou a ser atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Sebastião e foi transferida na madrugada de segunda-feira (30/11) para a unidade hospitalar da Universidade de Brasília (UnB). Relatório médico indica um infarto agudo do miocárdio.

Segundo o HUB, o cateterismo, realizado no início desta tarde, não mostrou nenhuma obstrução significativa. “Portanto, Milta voltou para a UTI após o procedimento, onde segue internada para monitoramento e aguarda o resultado de exames laboratoriais”. Ainda conforme a unidade, o quadro de saúde da paciente é estável.

Ainda nesta terça, investigadores da 30ª DP começaram a ouvir os depoimentos do caso. Além da oitiva dos familiares, os policiais também foram ao local dos fatos para falar com funcionários e colher imagens de câmeras de segurança. A ocorrência foi registrada na Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) como “calúnia” e “crime contra idosos”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here