Home Destaque Thiago Silva defende Centro de Inovação Tecnológica em Rondonópolis
fullinterna_3
fullinterna_3

Thiago Silva defende Centro de Inovação Tecnológica em Rondonópolis


| Fonte:
Tecnologia

O deputado estadual Thiago Silva defendeu na tribuna na Assembleia Legislativa a criação do Centro de Inovação e Tecnológica no município de Rondonópolis, com objetivo de fomentar a tecnologia aliado ao conhecimento e o empreendedorismo.
A ideia do parlamentar é promover a diversificação da matriz econômica da região, agregando valor a matéria-prima por meio da tecnologia e consequentemente estimular a industrialização em Mato Grosso.
O Centro de inovação tecnológica deve ser desenvolvido para ter a função de incentivar e facilitar a conexão entre empresas consolidadas, empreendedores e profissionais qualificados, com o objetivo de criar soluções conjuntas para demandas e problemas de organizações, através de parcerias, reduzindo custos e aumentando o retorno das soluções criadas.
Segundo Silva, é preciso desenvolver tecnologicamente o nosso Estado, com oportunidades para a atração de novos negócios, criação de empresas, geração de renda e o fortalecimento de uma economia circular.
“Apresentamos a indicação nº 503/2019 para que o Estado crie o Centro de Inovação Tecnológica em Rondonópolis para fomentar a criação de startups e incubadora de empresas, com foco na no desenvolvimento tecnológico e econômico e geração de emprego”, disse o deputado estadual.
O parlamentar também defende que o centro de inovação possa ser ampliado para as demais cidades-polo do Estado como Sinop, Alta Floresta, Colniza, Confresa, Juína, Cáceres, Barra do Garças e a criação do Parque Tecnológico em Várzea Grande.
O parlamentar defende a parceria com as universidades públicas e privadas para que o projeto possa ser implantado no estado. “O objetivo é criar um centro integrado entre pesquisa, empresas e poder público almejando ser referência em sustentabilidade do desenvolvimento socioeconômico da região, com foco no fomento da inovação tecnológica no empreendedorismo”, finaliza Thiago.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here