Home Cuiabá Mais MT vai investir R$ 25 milhões na formação das forças policiais
fullinterna_3
fullinterna_1
fullhome_1

Mais MT vai investir R$ 25 milhões na formação das forças policiais


| Fonte:
forças policiais

Com foco na formação, capacitação e treinamento dos servidores que atuam nas forças de segurança do Estado, o Governo de Mato Grosso vai destinar, por meio do Programa Mais MT, R$ 25 milhões para a construção de uma Academia Integrada da Segurança Pública.

Centro Oficial de Treinamento (COT)

A previsão é de que a execução inicie ainda no primeiro semestre de 2021 e seja finalizada em 18 meses. O local onde será construído o espaço integrado é o atual Centro Oficial de Treinamento (COT) do Pari, em Várzea Grande, construção iniciada com vistas para a Copa do Mundo de 2014, sediada no Brasil e que teve Cuiabá como uma das cidades sede. Contudo, a obra não foi concluída.

No espaço de 10 mil metros quadrados está prevista a construção de dois parques esportivos, como quadras poliesportivas, piscina semiolímpica, tanque de mergulho, pista de direção defensiva e ofensiva, pista de combate a incêndio, stand de tiros, alojamentos, salas de aula, setor administrativo e demais construções que servirão para capacitação e treinamento dos servidores.

“Hoje a deficiência de locais para capacitação é muito grande, em matéria de equipamento e estrutura. A ideia do governador Mauro Mendes é criar um centro de excelência para treinamento de bombeiros, policiais militares e civis e grupos táticos especializados, visando a formação de profissionais e, consequentemente, a capacitação deste mesmo público em treinamento. Teremos um local de modelo internacional, como todo projeto do governo, com estruturas de qualidade para que cada vez mais as forças policiais tenham excelência no treinamento para dar a sociedade maior segurança”, assegurou o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante.

R$ 766 milhões para a segurança

O programa Mais MT foi lançado em outubro deste ano e prevê recursos na ordem de R$ 9,5 bilhões em investimentos públicos durante a atual gestão (2019-2022). Deste montante total, 63% serão de recursos próprios do Governo de Mato Grosso, e o restante por meio de operações de crédito, convênios e emendas. Somente para a Sesp, R$ 766 milhões servirão para ampliar a qualidade do serviço disponibilizado ao cidadão.

O assessor do Escritório Diretivo de Projetos Especiais da Sesp-MT, coronel BM Marcos Roberto Hübner, enfatizou que o planejamento é dar utilidade para a obra que começou e não foi entregue.

A importância dos investimentos

“O projeto já foi criado e agora aguardamos a finalização do processo judicial entre a construtora e o Governo de Mato Grosso quanto ao que está previsto para ser entregue e o que já foi pago. Esta obra é de extrema importância para nossos profissionais, pois o treinamento e aperfeiçoamento é uma das premissas da atividade policial”, destacou.

Além da necessidade de capacitação permanente, os servidores que ingressam nas forças de segurança pública por meio de concurso público precisam também cumprir as exigências de posse do cargo no quesito de aprovação nos treinamentos exigidos pelas unidades.

Serão beneficiados com a academia, os servidores da Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Sistema Penitenciário e Sistema Socioeducativo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here