Home Editorias Geral Inaugurada MT-402 do distrito do Coxipó do Ouro de Cuiabá
fullinterna_3
fullinterna_1
fullhome_1

Inaugurada MT-402 do distrito do Coxipó do Ouro de Cuiabá


| Fonte:
Coxipó

A indicação de n.º 3.449/2019 do deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) que aponta a necessidade da realização de pavimentação asfáltica da MT-402 até à ponte do distrito do Coxipó do Ouro, em Cuiabá (MT), foi atendida pelo governo de Mato Grosso que inaugurou a rodovia neste último sábado (14), por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura de Mato Grosso (Sinfra).

As melhorias de infraestrutura garantiram 8,5 km de asfalto, com investimentos de cerca de R$ 10,5 milhões de reais pela Sinfra. Sem contar que o governo estadual realizou a implantação de uma ciclofaixa de 7,7 km, construção de calçadas, drenagem e instalação de defensas metálicas e placas de sinalização na extensão do trecho.

“Das infraestruturas já atendidas pelo governo de Mato Grosso neste ano, considero essa de grande valia, já que não só atenderá os moradores e usuários da MT-402, como, também, vai despertar a atenção para turistas e desportistas com a construção da ciclovia. A Sinfra deu um importante incremento nesta região que conta com importantes comunidades existentes no distrito do Coxipó do Ouro”, manifesta Claudinei.

Inauguração

O governador Mauro Mendes estreou a ciclovia da rodovia que fica a uma distância de aproximadamente 20 km de Cuiabá (MT), sendo que tiveram início as obras – no ano passado – e a região preserva uma história cultural de muitos anos. “É uma região que estava muito esquecida e essa obra representa uma virada de página no Coxipó do Ouro e no turismo da Baixada Cuiabana. É uma belíssima estrada que faz um resgate histórico. Foi por aqui, que há quase três séculos atrás, os bandeirantes chegaram, as primeiras vilas, e começou a história de Cuiabá”, destacou o governador.

Região – O distrito do Coxipó do Ouro conta com cerca de 731 habitantes, conforme o levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here